quarta-feira, 9 de maio de 2007

Seguindo

Vi algo essa semana que me fez pensar muito. Confesso que fiquei até assustada. Andando na Avenida Centenário na tarde de segunda feira, vi um ônibus passando em alta velociadade. Derrepente aquele aglomero de pessoas: um senhor foi atropelado pelo mesmo ônibus que eu havia visto. Algumas pessoas sabem o medo que tenho de ser atropelada, tanto que atravesso a rua bem correndo, depois de olhar para todos os lados é claro. Já gelei e pensei: meu Deus se é alguém conhecido? Até chorei no banheiro depois. Mas chorei porque? Porque vivemos com a certeza de que isso nunca vai acontecer com a gente. Sabemos que tudo é possível, mas não temos a consciência disso. Eu pelo menos não tenho.

Esperei o corpo de bombeiros chegar, a polícia, e o segundo amarelinho passar. Entrei no onibus e as pessoas ali nem imaginavam o que tinha acontecido. E pessoas morrem a todo tempo. Morte, que medo! Mas sabe qual o meu maior medo? Será que fiz tudo como deveria ser feito? Tomei as decisões certas? Realmente sei como viver a vida? Na real, acho que ninguém sabe muito bem. Afinal, nem sempre temos a consciência que pode ser apenas mais um passo, e a vida termina. Assusta não?

PS.: O senhor que foi atropelado não morreu, foi atendido e levado para o hospital. Segundo reportagem do Jornal da Manhã, sofreu traumatismo.

5 comentários:

Luiz Henrique Fogaça disse...

oi Maga....muito legal o blog...o jeito moleka de escrver é o que encanta...!

é verdade será que estamos fazendo a coisa certa..bom Maga eu penso assim..de tudo que acredito e luto....se o que eu esto fazendo...eu estou fazendo pq acho certo e terei maturidade para voltar e corrigir os meus erros....como diria Joseph Climber...." a vida é uma caixinha de surpresa"
beijooo

lucas disse...

hmmm
que massa essas magalices!
rsss
legal, é sempre bom pensar no que se faz.
bjos

brunacolonetti disse...

gostei manaaa.. magalotiss hihihi
bem dexx..
o k vc escreveu, na verdade os motoristas precisam de cursos. Relações humanas, porke do jeito k estão meu deux! situação de criciúma está feia. em relação ao onibus. falta de educação.
Beijokass!

nina disse...

Maga, você se cobra muito amiga! Não existe viver verto, viver errado. Existem decisões, existem possibilidades. E o que mais importa, é ser feliz, respeitando a sociedade sempre!

Morrer deve ser bem mais fácil do que viver, né? Mas viver é beeeeeeeem mais gostoso!!

=*******

nina disse...

Maga, você se cobra muito amiga! Não existe viver certo, viver errado. Existem decisões, existem possibilidades. E o que mais importa, é ser feliz, respeitando a sociedade sempre!

Morrer deve ser bem mais fácil do que viver, né? Mas viver é beeeeeeeem mais gostoso!!

=*******