domingo, 26 de agosto de 2007

Eles mentem, e alguns ainda acreditam

Existem algumas pessoas que são mentirosas, e já possuem um rótulo. Por exemplo: alguns pescadores. Dizem que pescaram um peixe enorme, que numa tarrafeada pegaram tantas toneladas de peixe, que já viveram histórias que dariam um filme de hollywood. Quem nunca ouviu história de pescador? Não precisa nem ser pescador do bom, ou aqueles que só vivem da pesca. Qualquer um que comece a pescar sempre tem uma história. Mas tudo bem, eles são pescadores.


Agora tem um outro grupo que a fama de mentiroso pegou, e não larga mais. Quem acredita em político ai? Eu pelo menos não acredito muito não. Quando eles dizem que é difícil trabalhar, quando dizem que não tem dinheiro para educação, saúde, segurança e para o salário mínimo, que é mínimo literalmente, eu não acredito também. Basta calcular o quanto eles ganham e o custo das mordomias. Se faltasse dinheiro no senado isso seria cortado né? Ou não? E o quanto eles desviaram nos últimos tempos. E na história da política brasileira. Porque acredito que isso não começou hoje. É histórico já, e mesmo quem entra pra fazer algo bom, acaba entrando no esquema.

Outra mentira clássica vindo deles é: eu não sabia de nada! Eu nunca roubei! Eu não estava nem aqui! E outra: quem ainda acredita que tudo não acaba em pizza no país? Vamos ver como vai ficar o resultado do julgamento do mensalão. Há alguns dias o Supremo Tribunal Federal está resolvendo mais esse “pepino”. Vamos ver como termina esta história. Tomara que desta vez seja diferente, eu ainda espero por algo melhor. Por que, voltando a história de mentiras, uma mentirinha de pescador não faz mal a ninguém. Agora de um político, muitas vezes, faz mal a uma nação.

Nenhum comentário: