sábado, 27 de outubro de 2007

Primeiro perfil

Hoje foi a vez da Maria Albertina contar sua história. Ela é uma das funcionárias que fazem a limpeza de um supermercado da cidade. E já ouviu coisas como: "Eu estudei tu não", "Tu é paga para limpar isso aqui" e outras frases que no fundo significam: ei eu sou melhor que você, minha função é mais importante que a sua. Resposta dela: "Arruma bem essa frente da gôndola, e deixa o chão sujo. Eles vão olhar mais pra tua gôndola bonitinha ou pro chão? Meu trabalho é tão importante quanto o teu". Mandou bem!

Ela não teve tempo de ser criança, e o maior pesar foi não ter estudado."Tenho só até a quarta série. Eu estudava, quando tinha que parar para trabalhar minha mãe pedia e eu parava. Naquela época o importante era o homem estudar, a mulher não precisava muito," contou com lágrimas nos olhos. Lágrimas que voltaram a sua face quando ela contou sobre um acidente que sofreu aos 13 anos, onde teve parte do lado esquerdo do corpo queimado. Foram queimaduras de terceiro grau, que até hoje deixam marcas. Algumas mais sutis, já que nos últimos 10 anos ela fez cinco cirurgias plásticas. "Eu tinha vergonha de mostrar meu corpo. Mesmo com as queimaduras tapadas, eu sismava que olhavam pra mim. Pensei que nem ia casar. Achava que nenhum homem ia olhar pra mim", confessou.


Mesmo com o pouco estudo e com a vida difícil quando criança, Albertina é uma mulher resolvida e se considera feliz. Comentando sobre a vontade de estudar eu disse pra ela: "Albertina nunca é tarde demais".
Vou fazer o perfil dela depois certinho, quando eu finalizar coloco aqui. Também vou colocar a foto do projeto, já imaginei como vai ser.


Soube hoje de outro grande personagem: uma catadora de lixo que montou a casa com vários itens que encontrou pelas lixeiras. Vai ser outra grande história...

Nenhum comentário: