domingo, 28 de dezembro de 2008

Opa!!!

2009 já está batendo na porta. Hora de fazer planos e promessas. Ai vai uma das várias promessas que passaram por minha cabecinha nessa reta final de 2008: voltar com tudo ao blog. É o Magalices anda meio abandonadinho, mas prometo voltar com tudo em 2009. Até já estou produzindo alguns posts... é a inspiração está voltando. Ano novo, vida nova, experiências novas tem como não render pauta isso tudo?

Um Feliz 2009 para todos! Aproveitem essa data maravilhosa de renovação de sonhos. A chance de começar tudo de novo, tem coisa melhor? Pule sete ondas, agradeça a Deus, viaje com os fogos de artifício que iluminam os céus na virada, beba champagne com moderação, beije sem moderação e também transmita carinho e amor sem moderação.

Nos "vemos" no ano que vem, pois o blog está voltando :D


Beijosssssss!!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Essa é a hora

Final de ano chegando muitas coisas passam por nossas cabeças. Talvez a principal seja a tradicional análise de final de ano, afinal de contas essa é a hora de pensar em tudo o que foi e tudo que não foi feito. Uma coisa que não entendo muito é o porque de pensar nisso só agora? Deveriamos pensar sempre. Olhar mais para dentro de nós, e descobrir realmente o que buscamos. Quais sonhos seguir, quais amores buscar, quais sentimentos abolir ou aumentar em nosso coração. O que me fez pensar nisso foi o email que recebi do site de RH Pharol nesta quinta-feira. Nele existiam algumas perguntas básicas que de tempos em tempos, na minha opinião mais de uma vez por ano, devemos fazer para não perder tempo de vida. Ela passa rápido demais, ficar perdendo o rumo não é legal.


Como achei super legal as perguntas coloco no blog para vocês também analisarem a vida. Li as perguntas e tenho várias respostas para elas, vou tentar fazer isso no ano que inicia e já no final desse ano. Porque não temos tempo a perder.


São 03 perguntas básicas:

a) O que você fez de excelente em 2008 e deve repetir em 2009?
b) O que você fez de errado em 2008 e deve evitar em 2009?
c) O que você não fez em 2008 e deve fazer em 2009?

Para facilitar divida as mesmas perguntas em 05 áreas:

a) Em relação à sua empresa.
b) Em relação aos seus colegas de trabalho.
c) Em relação à sua família.
d) Em relação aos seus relacionamentos.
e) Em relação à sua espiritualidade.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Como assim???

Uma das coisas que mais gosto em hotel é a TV a cabo. Algo tão comum para alguns mas não tão para mim. Digamos que cortei a assinatura lá em casa por dois motivos: por causa da monografia e por causa do bolso. A parte da monografia explico dizendo que sou viciada nos canais do Telecine. Engato um filme atrás do outro. Bom, a parte do bolso é falta de dinheiro mesmo.

Só que por conta do administrador do hotel fiquei em um quarto muito legal, só que sem Tv a cabo. Pode isso? Mas analisando o lado positivo vou poder ler os dois livros que trouxe para ler aqui nesta semana que fico em Florianópolis. O livro dos Espiritos e Descubra quem você é do Dalai Lama. Estou em busca da evolução espiritual para que melhor dor que ficar lendo?

Tá, esquecendo essa parte do pensamento positivo... ei tio da recepção eu quero minha TV a Cabo!!!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Mais uma marca, uma história e uma lembrança

Acordei cedo neste sábado, com um pouco de sono por ter ido dormir quase quatro horas da manhã após ter conversado muito com minhas amigas. O assunto? Para variar relacionamentos e homens. A conversa foi legal, confesso. Também confesso que talvez eu deva ouvir mais meus próprios conselhos. Bom isso falo outro dia... hoje o assunto é outro. Só acordei e liguei para o Edinho, o tatuador da vez.

- Oi, sou a menina das borboletas e da frase. Posso fazer a tatoo hoje? Ah, mas quero a pomada anestésica tá.
- Vai vir de certeza? Se vier vou em casa buscar a pomada.
- Certeza! Estou ai as 10h pode ser?
- Claro! Combinado então.

Assim foi a conversa. Depois disso levantei e tratei de me arrumar para ir fazer minha segunda tatoo. As borboletas já estavam escolhidas, são quatro tipos, cada uma com seu estilo e cada uma representando um membro de minha família: pai, mãe, irmã e euzinha. A frase é em homenagem a minha linda vózinha Irene falecida há algum tempo. Amei muito essa mulher e queria ter algo comigo para sempre como forma de homenagem, então tatuei a segunda frase que me faz lembrar dela: "Deixe estar...". O significado é bem amplo e sábio: deixa que a vida anda como tem que andar... não se abafe tudo acontece como deve ser... Querem saber qual era a primeira frase? "Toma sadol!" Ela tinha essa mania de mandar todos os netos tomarem sadol, um remédio que tem algumas vitaminas, sais minerais e que aumenta o apetite. Afinal de contas ela queria ver os netos fortinhos, mas convenhamos que uma tatoo com essa frase é meio estranha.

Pois bem, tomei um café da manhã com meu amado leite ninho. E pensei na "roupixa" de fazer tatuagem (parece fútil mas é importante viu!) Coloquei uma bata branca, uma bermuda jeans e a parte de cima do biquine para facilitar o trabalho do tatuador. Explicando melhor, a minha tatuagem fica abaixo da axila, meio que nas costelas e costas (um lugar doloridooo). Com o biquine fica mais fácil ele tatuar pois pode colocar a alcinha para baixo e tals. Sem falar que a tinta poderia sujar algum sutiã lindo meu.

Cheguei as 10 horas como combinado. Mostrei o que queria fazer e passei a tal pomada anestésica. Ela fez aumentar R$ 50 o custo da minha tatuagem, mas confesso que sou fresca mesmo e paguei esse valor. Meia hora para ela fazer efeito, desenho pronto, analisado e "carimbado" no local da tatoo. Vamos começar! Opaaa! Cadê minha irmã Bruna? Tinha que ter alguém ai comigo e minha irmã seria uma pessoal legal nesse momento. Mas ela estava fazendo provão na universidade. Encomodei algumas vezes no celular e combinei com ela. Ufa, ela chegou bem na horinha do início da tatuagem. Valeu mana!

Todos posicionados, 11 horas da manhã, maquininha ligada fazendo aquele barulho que assusta. Parece barulho de dentista misturado com sei lá. Ziiiiiiiiiiii! Primeiro traço... opa! Peraí!!! Isso aqui tá doendo! Aham, a tal pomada não adiantou! Pois é pessoas, a menina aqui medrosa encarou a tatoo mesmo assim. Confesso que já fui preparada caso a tal pomada não desse resultado. Ainda bem...

O começo foi pela frase, quando ela estava quase pronta o aviso: "Bruna chega ai que vou desmaiar! " Fiasco feito, pessoas abafadas e preocupadas. Mas existem situações difíceis de controlar: "Ai tá ficando tudo amarelo ó", relatei meu momento quase desmaio. Ainda bem que não cheguei a cair. Copinho de água, cabeça entre as pernas, respirando fundo... opa to branca ainda mas to melhorando. "Pode continuar Ulisses!" Ah não falei para vocês, quem acabou fazendo a tatoo foi o filho do Edinho, o Ulisses. Confesso que fiquei bem feliz por isso ter acontecido. O menino é bom e tinha lido que ele foi vencedor de um prêmio de tatuagem em tons pretos com degradê, bem do estilo que eu queria a minha. E o trabalho continuou... não desmaiei, não fiz mais fiasco, aguentei a dor por uma hora e minha tatoo ficou linda. Amei! Doeu mas amei! Ah e quase desmaiar não é um caso isolado, outras pessoas também tem esse tipo de reação. Mesmo eu achando a dor suportável, acho que a pomada ajudou um pouquinho, não tem como controlar e a pressão baixa. Coisas da vida...

Minha homenagem foi feita. Agora carrego as pessoas que mais amo no meu coração, na minha mente e na minha pele. Simbolos que valem muito. Um ritual que quiz fazer agora no final do ano, pois sei que no ano que vem vou ficar longe deles. Vou sair de casa, morar sozinha, me virar e a saudade vai apertar, mas eles vão estar ali.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Tragédia bem explicada?

As tvs, jornais, revistas, internet, blogs, rádios... enfim todos os veículos de comunicação estão nos últimos dias falando sobre a tragédia resultante de fortes chuvas no Vale de Itajaí e na capital de Santa Catarina. É, vale dizer que são essas as regiões mais afetadas. Por exemplo no Oeste do estado falta chuva e no sul choveu muito mas não foram muitos estragos.

Lendo o site Comunique-se, um portal de comunicação, me chamou atenção o artigo do colunista Antônio Brasil (*). Nele o principal assunto era: falha na cobertura da tragédia. No primeiro paragráfo do texto a seguinte opinião:

"Se você acha que jornalismo na TV é show de imagens, profusão de lágrimas e excesso de perguntas ridículas então a cobertura das enchentes em Santa Catarina pela TV foi um sucesso.
Mas se você acredita que jornalismo de verdade, mesmo na TV, deveria investigar o que realmente aconteceu, a extensão e causas da tragédia, então a cobertura em Santa Catarina foi um... desastre."

O que vocês acham de tudo o que estão lendo/vendo/ouvindo sobre o assunto? O trabalho dos jornalistas está sendo bem feito?

Minha opinião...
Em alguns casos está havendo mais proveito do que trabalho. Aproveitam para fazer uma campanha aqui, um marketing ali, e um especial lá. Mas quero saber mais que isso, quero ver mais do que pessoas chorando e muita vezes sem condições de falar para alguém. Porque isso tudo aconteceu? Foi a primeira vez que aconteceu (eu sei que não, teve a enxente de 84)? Como reverter e tentar fazer com que isso não aconteça? A culpa é mesmo do desmatamento da amazônia? Os descuidos com a natureza já estão influênciando tanto assim? E como fica a população depois de tudo isso? O dinheiro que o governo está mandando vai ser utilizado para quê? Tantas perguntas... quero as respostas!

Tenho medo...
Agora ajudar é algo que todos estão fazendo. Estou orgulhosa do meu estado e do meu país. Mas e quando a notícia esfriar? Quando a TV passar a falar de outra coisa? Tudo o que foi doado vai acabar em algum momento. Analisando a burocracia para a ajuda do governo chegar até as pessoas, como a situação vai ficar? Não falo isso por falar, mas porque até hoje algumas vítimas do Catarina (furacão que atingiu o sul de Santa Catarine e norte do Rio Grande do Sul há 5 anos) não receberam o que lhes foi prometido. Para ajudar os bancos o auxilio é tão rápido, tomara que para a população isso também aconteça rapidinho.


(*) É jornalista, professor de jornalismo da UERJ e professor visitante da Rutgers, The State University of New Jersey. Fez mestrado em Antropologia pela London School of Economics, doutorado em Ciência da Informação pela UFRJ e pós-doutorado em Novas Tecnologias na Rutgers University. Atualmente, faz nova pesquisa de pós-doutorado em Antropologia no PPGAS do Museu Nacional da UFRJ sobre a "Construção da Imagem do Brasil no Exterior pelas agências e correspondentes internacionais". Trabalhou na Rede Globo no Rio de Janeiro e no escritório da TV Globo em Londres. Foi correspondente na América Latina para as agências internacionais de notícias para TV, UPITN e WTN. É responsável pela implantação da TV UERJ online, a primeira TV universitária brasileira com programação regular e ao vivo na Internet. Este projeto recebeu a Prêmio Luiz Beltrão da INTERCOM em 2002 e menção honrosa no Prêmio Top Com Awards de 2007. Autor de diversos livros, a destacar "Telejornalismo, Internet e Guerrilha Tecnológica", "O Poder das Imagens" da Editora Livraria Ciência Moderna e o recém-lançado "Antimanual de Jornalismo e Comunicação" pela Editora SENAC, São Paulo. É torcedor do Flamengo e ainda adora televisão.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Ilhada

Vocês devem estar lendo e vendo o que a chuva anda provocando aqui em Santa Catarina. Já são mais de 30 mortes, rodovias interditadas, desabrigados, caso de calamidade e a chuva não para. Segundo a Defesa Civil, no total, mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas. Dessas, 19.841 tiveram que deixar suas casas. Não lembro de ter visto tanta chuva na vida. A chuva que caiu nas últimas 36 horas é equivalente a de um mês.

Como a maioria dos Catarinenses, estou em algum ponto sem poder voltar para casa. Moro em Criciúma, ao sul do estado, mas estou em Florianópolis, a capital. Vim trabalhar por aqui há uma semana. A previsão era voltar para casa amanhã mas os planos mudaram. Dos males o pior, só vou ficar sem roupa limpa e com saudades de casa. Fico feliz por até agora estar tudo certo mas também fico triste por tantas coisas ruins que acontecem com as outras pessoas. Espero que na medida do possível o estrago não seja tão grande.

Vou ficar aguardando eles liberarem algum dos acessos que ligam a capital ao sul do estado. A BR-101 está interditada no Morro dos Cavalos em Palhoça, e a SC-282 está interdidata em vários pontos. Por enquanto fico por aqui torcendo, esperando e rezando por quem está sofrendo com essa calamidade.

Fonte: Clic RBS e G1.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Feriados mil!

Me diz ai quem não gosta de feriadão? DÚVIDO! Se for assim a felicidade vai tomar conta do país no ano que vem. Serão 13 feriados e melhor ainda: oito feriados na segunda ou sexta, e cinco feriados na terça ou quinta.


Programe-se para ser feliz:

01/01/09 - quinta-feira - Confraternização Universal
23/02/09 - segunda-feira - Carnaval
24/02/09 - terça-feira - Carnaval
10/04/09 - sexta-feira - Paixão de Cristo
21/04/09 - terça-feira - Tiradentes
01/05/09 - sexta-feira - Dia do Trabalho
11/06/09 - quinta-feira - Corpus Christi
09/07/09 - quinta-feira - Revolução Constitucionalista (SP)
07/09/09 - segunda-feira - Independência do Brasil
12/10/09 - segunda-feira - Nossa Sra Aparecida - Padroeira do Brasil
02/11/09 - segunda-feira - Finados
15/11/09 - domingo - Proclamação da República
20/11/09 - sexta-feira - Zumbi/Consciênciência Negra
25/12/09 - sexta-feira - Natal


Se somarmos aos feriados os sábados e domingos; e enforcarmos quando cair na terça ou quinta teremos 44 dias de feriadões! O ano tem 365 dias, são 52 semanas, portanto 104 dias de descanso, você tem mais 30 dias de férias, são 13 feriados em 2009, "enforcando" somamos mais 5 dias, assim iremos trabalhar somente:

365 - (104+30+13+05) = 213 dias

Isso significa que trabalharemos só 58,35% do ano, ou 1.704 horas das 8.760 horas que tem 01 ano, ou seja nós trabalhamos somente 19,45% das horas do ano.

Quer motivo melhor para ser feliz? Guarde a grana, junte a galera ou a família, e aproveite.
Eu vou fazer isso :D.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Positividade sempre

Que a vida não é tão simples todos sabemos. Que problemas surgem toda hora também. Estamos aqui para evoluir e para isso temos que aprender a passar por vários obstáculos. E isso tudo não significa que viver é chato, que o mundo é chato e que temos que desisitir. Positividade minha gente! O segredo já foi revelado: pensamentos positivos atraem coisas positivas. Mas alguém ai pode avisar isso para a Carolida Dickman? Lendo o EGO (putz agora todos vão saber que acesso o site de fofoca!) vi essa declaração da atriz:

— Eu, particularmente, não acredito nas pessoas que riem demais. O mundo não é uma maravilha, o mundo tá puxado, as pessoas têm problemas. Desconfio dessa gente que está no supermercado e, de repente, tá sorrindo. Não é possível, gente, o feijão subiu e a pessoa tá lá sorrindo. Desculpe, mas não tem do que rir no mercado, a não ser que ela tenha um problema na boca. Sou tímida, pouca gente freqüenta minha casa, não abro a guarda, não — concluiu ela.

Nossa, se for levar ao pé da letra não vamos rir de nada. Convenhamos, para espantar a tristeza o negócio é rir da desgraça. Liga o vá se catar e seja feliz.

Uma boa semana :D

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

"O que os homens querem e as mulheres precisam saber"

A frase deste post é o título de um livro lançado pelo playboy pegador americano Steve Santagati (foto), lançado pela editora Rocco. Alguns especialistas ficaram meio que horrorizados com algumas idéias desse menino. Lendo algumas respostas para uma entrevista ao sita da Globo achei super interessante o que ele andou dizendo por ai. Convenhamos, existe melhor fonte de dicas legais do que alguém que é um pegador assumido e um dos mais cobiçados?
Para ler a entrevista completa clic sobre a palavra Globo e boa leitura. Para ter uma prévia, vai ai a primeira pergunta que ele respondeu:
Quais os principais erros das mulheres que estão em busca de um novo relacionamento?
O primeiro erro é justamente "buscar" um namorado em vez de aproveitar a vida. Quando a mulher entende que ela deve aproveitar a vida e fazer o que está com vontade em vez de procurar um novo parceiro quase como procura um novo emprego, as coisas começam a fluir. O mais difícil é interromper esse ciclo feminino da obsessão e da neurose. Mulheres, atenção! Os melhores relacionamentos são aqueles que vêm do nada, não adianta forçar uma barra.
Concordo!!! Meninas acessem o site que vale a pena.

domingo, 2 de novembro de 2008

Falando em domingo...

... só se fala na corrida em Interlagos. É não era para menos, depois de muito tempo um piloto brasileiro pode voltar a ser campeão na categoria Fórmula 1 de automobilismo. As possibilidades não são tão boas assim para o Felipe Massa, mas o povo é otimista. Ainda mais depois da classificação de ontem. Vamos torcer! Para deixar as coisas mais fáceis para o Massa, a torcida tem um dica especial:


Essa ajudinha até que caia bem, pena que estamos em outros tempos. Fazer algo assim na atualidade da Fórmula 1 é dor de cabeça na certa!

Vai lá Massa! A torcida está fazendo sua parte.

Foto: globo.com

Adeus discografia

Levei um susto agora. Domingo pela manhã, assistindo Esporte Espetacular, ligo o PC e penso: ai vou buscar algo novo para ouvir na comunidade Discografias. (uma comunidade no orkut que tem muitaaaa música legal) Entro no orkut e digito o nome da comunidade para procurar. Quando acesso vejo que os maravilhosos tópicos de músicas não existem mais. O que tem apenas é um tópico em forma de abaixo assinado para que o pessoal deixe a comunidade no ar.

Enfim, pelo que li é uma ação para acabar com a pirataria. E lendo a opinião do pessoal que assinava e comentava no abaixo assinado concordei com algumas:

- que tal baixar o valor dos CDs, DVDs, livros, e etc?
- a internet é uma ferramenta maravilhosa para divulgação de músicas e bandas. O público alternativo que o diga, muitos dos cds disponibilizados na comunidade não são fáceis de achar. Alguns são obras primas! É uma forma de troca de cultura também.
- e mais, a atualidade pede que o pensamento de como ganhar dinheiro com música mude. O artista tem que cair na real que para ganhar dinheiro tem que fazer shows e não vender de CD.
- que tal apagar as comunidades que realmente são prejudiciais?

Enfim, uma pena essa eterna briga. Eu sou a favor de divulgar música na internet. Agora vou tentar encontrar algo novo para ouvir, já que a discografias está sendo apagada. Uma pena. Ainda bem que existem os Myspaces e blogs.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Qual seu número?

Nossa data de aniversário para a numerologia significa o número que determina nossa lição de vida. Técnicamente é o que você tem que aprender na vida. Sabendo o que o número significa você pode trabalhar os pontos positivos e também os negativos. Gosta de numerologia? Acredita nela? Então acesse o site e descubra qual seu número.

O meu é o 11, o número mestre. Adorei todo o significado que ele possui e a lição de vida que tenho. Colo aqui um pedacinho do que esse número significa:

"Este é um número-mestre. Ele é especial pois seu desafio é aprender a tomar consciência do mundo espiritual. Você é extremamente intuitivo, de vanguarda, idealista e visionário. Como um número mestre, pode conseguir ter uma compreensão das coisas que não está ao alcance dos outros. Você pode se tornar uma pessoa interessante, incomum, com muito para oferecer à sociedade se souber direcionar sua energia."

Como que eu não iria gostar disso?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Ei, acho que isso não dá muito certo

O que faz uma empresa te selecionar para trabalhar nela? Eu sou a favor da tradicional entrevista e suas perguntinhas mágicas que conseguem te descrever sem mesmo tu notar. Mas, hoje vivi algo que me deixou com uma pulga atrás da orelha: questionário sobre assuntos variados vale a pena? Se eu não acertar quantos municipios tem Santa Catarina isso quer dizer que não sou uma boa jornalista? E sei que como jornalista me garato. Tomara que eles notem isso. Ah, e tomara que minha intuição tenha funcionado.

Vamos torcer...

Andei lendo por ai...


Fiz um teste para um jornal ai, se eu passar ótimo. Caso não passe, ler os últimos jornais da semana valeram a pena. Fiz uma maratona minha gente! Entre os temas que li gostei muito desse: gestores públicos, empresas, universidades, prefeituras, igrejas e organizações da sociedade civil estão unidas para acabar com o analfabetismo em Santa Catarina. Uma iniciativa arrojada que pretende até 2010 fazer com que os 225 mil analfabetos do nosso estado entendam nossa queridinha, difícil e amada língua portuguesa.

Para participar das aulas é só procurar os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) até dia 14 de novembro. As aulas começam dia 17 de novembro. Inclusão social já!

OBS.: sei bem como é difícil conviver com essa dificuldade. Convivo diariamente com uma pessoa analfabeta que mal sabe escrever seu nome. A pessoa fica perdida, meio tansa até. Muita boa essa iniciativa.


Fonte: Diário Catarinense

domingo, 26 de outubro de 2008

Frases legais, ora pois...

Adoro quando escuto alguma música e uma frase legal é dita, coisa de louca eu sei. Mas mesmo assim vou postar aqui. Escutando o CD do Nando Reis gravado ao vivo pela MTV escutei frases que adorei. Algumas assim:

- “Colombo procurou as índias, mas a terra avisto em você”.
- “Se o homem já pisou na lua como ainda não tenho seu endereço?”
- “Estanho eu ainda não ter me apaixonado por você, seu star azul combina tanto com meu preto de cano alto”.
- “O que está acontecendo, o mundo está ao contrário e ninguém reparou?”.
- “O que você está fazendo? Milhões de vasos sem nenhuma flor?”
- “Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atriu. Dos cegos do castelo me despeço e vou. A pé até encontrar um caminho e um lugar do que sou.”
- “E se você puder me olhar, se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar. Eu vou cuidar, eu cuidarei bem dele.”
- “Eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim”.
- “Mas que beleza de mulher que me apaixona só quando me quer.”
- “Tudo que acontece na vida tem um momento e destino. Viver é uma arte é um oficio só que é preciso cuidado. Para perceber que olhar só para dentro é o maior desperdício. O amor pode estar no seu lado”.
- “O amor é o sabor para quem bebe a sua alma”.
- “Quando não tiver mais nada, nem chão nem escada, escudo ou espada, o seu coração acordará.”
- “Amor dará e receberá, do braço a mão, da boca a vogal.”
- “O mundo é bão Sebastião, o mundo é teu Sebastião”
- “A gente pensa que escolhe, se a gente não sabe inventa. A gente só não inventa a dor, a gente que enfrenta o mal, quando a gente fica em frente ao mar, a gente se sente melhor.”

Existem várias outras dele, e de outros artistas. Pequenos pedaços da letra que nos remetem a algo, muito legal isso. Aposto que você deve ter aquele trecho de alguma música que te faz pensar, lembrar, sentir saudade ou até ódio.

Finalizando, um vídeo dele. Música: All Star, gravada no Bar Opinião em Porto Alegre.

sábado, 25 de outubro de 2008

Quem é essa menina?


Ao vasculhar sites, ler jornais e revistas, um nome sempre apareceu na editoria variedades. Mais precisamente na parte onde o assunto é música. Afinal de contas quem é essa menina estilosa chamada Mallu Magalhães? Que som essa menina faz? E por que ela é tão bem criticada? Fui procurar respostas e escrevo elas neste post.

Ela tem apenas 15 anos, diz que faz um som chamado "folk n´roll", uma mistura da música folclórica americana e o tradicional rock n'roll. Ah o termo foi a Mallu que inventou, mas alguns dizem por ai que ela faz um indie folk. Enfim, tudo é folk e fofo. Canta em inglês para disfaçar o que ela quer dizer, vejam só! Declarações e sentimentos de adolescente em músicas que estão ficando famosinhas graças ao MySpace. Essa paulistana começou a compor suas músicas com 12 anos e tem como referência Bob Dylan, Beatles e Jhonny Cash. É, parece que a pinpolha promete. Vou disponibilizar um vídeo que está no You Tube, e se você quizer ouvir outros sons acesse o MySpace dela.


Até que achei legalzinho...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Quase nada de photoshop

Foto da atriz Giovana Antonelli para uma capa de revista de circulação nacional.

Será que abusaram no uso do PhopoShop? Reparem o quanto deformaram o rosto da atriz Giovana Antonelli nesta foto que foi capa de uma revista neste mês. Por isso que digo: não acreditem em tudo que você vê por ai. Usar essa ferramenta é normal, mas chegar a esse ponto é apelação. Ficou até feio né gente? Ei editores, analisem melhor...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Post atrasadinho mas vale...

Escrevi um texto para ser postado no meu aniversário, dia 27 de setembro, mas na correria acabei deixando de postar. Mas como nunca é tarde demais para nada, a não se que a cagada tenha sido muito grande, vou postá-lo. :D

_____________________________









Aniversário de vida

Gostei do jeito que uma amiga minha se refere ao aniversário de alguém e também como ela deseja parabéns. Apenas diz: Feliz Aniversário de vida. As vezes pensamos apenas que estamos ficando mais velha e que nossa vida está indo embora. Pensamento errado, é hora de agradecer e não lamentar esse presente maravilhoso que Deus nos dá. Confesso que como boa libriana tenho medo de envelhecer. Como mulher tenho medo de envelhecer e também de ficar sozinha. Ah e como simples mortal tenho medo de morrer e não fazer tudo o que tenho para fazer nessa vida.

Nesses 26 anos aprendi algumas coisas, posso falar para vocês o que aprendi? Aprendi que tenho que me quebrar para aprender, respeitar para ser respeitada, que um obrigada vale muito e um sorriso é uma fortuna. Aprendi que Deus é maravilhoso, até mesmo quando a vida parece estar toda errada ela está bem certa sim, por incrível que pareça. Compreendi a neurose dos nossos pais, mas na grande maioria das vezes eles têm razão. Eles são mais sábios e a vida ensina muito. Aprendi que uma forma de ser feliz é aceitar as diferenças, se elas são demais para serem aceitas mude de companhia. Aprendi que as maravilhas da vida estão entre amigos, no pôr do sol, no nascer dele, na vibração do mar, em uma viagem, em uma noite inteira dançando suas músicas preferidas, na lua cheia, no sorriso de uma criança, em um filme maravilhoso, em um livro, em um abraço, em um beijo gostoso e em um te amo do fundo do coração. Algumas vezes nos perdemos sonhando com isso tudo e não fazemos nada para tornar realidade. O medo nos prende, nos deixa imóveis, mas ele existe para ser vencido. Aprendi que o coração tem a capacidade de restauração. As decepções amorosas existem para preparar você para o amor. Aprendi que antes de amar alguém você precisa aprender a se amar. Tá Deus aprendi isso, por favor solta meu príncipe? Ah, também aprendi que príncipes não existem, o amor que faz a gente imaginar isso. Você que está apaixonada vai pensar: ah existe sim e é meu namorado/marido/amante/ficante... ih deixa passar a paixão e depois volte aqui. Você ama alguém com defeitos e virtudes, isso realmente o torna especial. Aprendi que o tempo tem sempre razão, e que a frase que minha vó dizia "Deixe estar" era a mais correta. Aprendi que a vida é a melhor coisa que temos, e tudo acontece como deve ser. Hoje não tenho mais medo de ficar velha nem de morrer, porque sei que cada um tem sua missão por aqui. Aprendi que sair beijando todo mundo é um ato de desespero, mesmo eu tendo beijado vários gatinhos e sonhos de consumo. Pode até fazer bem para finalizar a listinha de pegáveis que você naturalmente cria. Aprendi que mesmo querendo não correr atrás do sistema você vai ter que fazer isso algum dia, mas pode planejar fugir dele antes que ele acabe com você. Aprendi que sonhar faz muito bem, porque pensamentos positivos fazem tudo se realizar. Descobri que controlar os pensamentos negativos é difícil, e fugir da tristeza nem sempre é o melhor caminho. Infelizmente você tem que vivencia-la para finalizar algo. Aprendi que você pode conhecer muitas pessoas, mas amigos de verdade são poucos. Acho que conto com alguns e aprendi a valorizá-los. Confirmei que comunicação é tudo o que quero fazer. Aos 10 anos quando afirmei que era dos jornais o que eu mais gostava de assistir na TV não era brincadeira não. Só não quero mais usar terninhos, digamos que sou hippie demais para isso. E não quero deixar de ser isso, mesmo tendo algumas patricinhas cornetiando. Só tenho que aprender a me comunicar melhor fora das telinhas, revistas e jornais, mas isso estou aprendendo. Também aprendi que alguns bloqueios de crianças ainda continuam. Aprendi que cuidar do corpo e da alma nos faz feliz. Aprendi a escolher os lugares que realmente quero ir, os que vão me fazer feliz e quem vai me fazer assim. As companhias estão cada vez melhores, e sorrir está cada vez mais divertido. Aprendi que a vida é maravilhosa e também descobri que sou bem positiva. Descobri que Deus sempre me dá uma forcinha, e que tenho anjos maravilhosos. Sou feliz por ser o que sou hoje, e quero continuar aprendendo. Continuar realizando sonhos, e apenas pensar: Feliz Vida isso sim.

Obrigada Deus por mais um ano de vida, espero estar aprendendo tudo o que devo aprender. E também espero continuar nessa aventura por muito tempo.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

E agora?


O seqüestro que virou a novela da semana na mídia enfim terminou. Vocês devem ter lido, ouvido e visto o caso do ex-namorado que manteve durante cinco dias (mais de 100 horas) a namorada e uma amiga em cárcere privado, algo inédito em São Paulo. O jovem de 22 anos é Lindemberg Fernandes Alves, as meninas são Eloá Cristina Pimentel e Nayara Silva, ambas com 15 anos.

Ele virou estrela ao dar entrevista para redes como Globo, Record e RedeTV. Se sentiu o dono do pedaço e foi até bem tratado pela polícia. Claro que vale pensar o que levou esse jovem cometer algo assim. Mas duas coisas novamente são claras: o jornalismo apela no sensacionalismo, digo até que as vezes se mete demais, e a polícia precisa de mais preparo.

A história mais uma vez terminou mal, a ex-namorada está mais morta do que viva. O menino poderia ter sido orientado por um pscicologo. Vá saber o tipo de desequilibrio que essa pessoa passou para cometer algo tão desesperador? Ele já estava em pânico e a polícia só aumentou. Talvez a história pudesse ter terminado bem.

Ei está na hora de melhorar a segurança desse país. Os policiais não tem culpa por não ter o treinamento adequado. E digo mais, chega de usar essa tática de persuasão que determina que todos são meliantes e vagabundos. O ser humano é muito mais complexo e merece mais atenção do que é dado. Analisar tudo o que aconteceu para que uma situação de limite tenha acontecido é um primeiro passo.
Ahh não podemos esquecer também do terrível confronto entre as polícias Civil e Militar de São Paulo... é, o negócio tá feio mesmo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A culpa é da genética

Se você é mau humorada e sabe disso. Tem dias que ninguém te suporta, nem mesmo você! Pois é amiga visitante um estudo diz que a doença do mau humor atinge três vezes mais mulheres que homens. A distimia é o nome dessa doença. Ela é um transtorno de humor considerada um tipo de depressão leve. De acordo com Luiz Alberto Hetem, da Associação Brasileira de Psiquiatria, a doença se diferencia do mau humor comum, um sentimento que todos podemos sentir em diversos momentos de nossas vidas. "Na distimia, a pessoa fica mal-humorada, irritada, impaciente e com sintomas depressivos, como alteração no sono e no apetite, durante a maior parte do dia, por meses ou anos", afirma Hetem.

Cerca de 5% das pessoas sofrem desse mal. Mas calma, antes de dizer que você tem isso pense bem. Quem sofre desse mal sofre o dia todo com o mau humor sem saber por que. Se seu salário está atrasado, seu namorado só encomoda, você quer comprar aquela roupa mas já acabou o limite do cartão, o verão está chegando e os números que aparecem na balança não diminuem, está solteirona, quer fugir de casa, ou outra situação que nós mulheres sabemos bem como faz mal; você tem motivo de sobra para não ficar rindo muito.

Viu meninos? Somos sensíveis!


Fontes: Luiz alberto Hetem, da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e ERIKA MORAIS da Revista da Hora.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Ué, cadê?

Sou obrigada a colar essa matéria que acabei de ler no site ClicRBS. Escrita por Lucia Pires tem o título: Por que eles desaparecem sem deixar vestígios?

Qual mulher nunca pensou isso ou passou por isso? Segundo a reportagem a dificuldade de dizer não a uma mulher faz do homem um especialista em sumir da noite para o dia.

Então vamos a ela:

Você conhece um cara legal, começa a sair com ele e, quando tudo parece que está engrenando, ele some. Do homem interessado e galanteador ficou só a lembrança. Ele nem sequer se deu ao trabalho de dar uma desculpa esfarrapada por e-mail. Não atende ao telefone, não responde mensagens e também não circula mais pelos mesmos lugares. Evaporou. Até o dia em que resolve reaparecer – geralmente quando você já está em outra.Não se preocupe. Você não é um caso isolado. A queixa de que os homens somem sem dar explicação é recorrente entre as mulheres. Por isso, DonnaZH saiu às ruas para tentar entender o fenômeno. Percorremos academias, parques, bares e empresas de Porto Alegre para apurar a queixa feminina.Foram entrevistados homens nas faixas de 20, 30 e 40 anos, com diferentes profissões. O resultado é surpreendente: mais de 80% declararam de imediato que sim, já tinham desaparecido. E mais de uma vez.A seleção de depoimentos publicada nesta reportagem revela que a dificuldade de dizer não a uma mulher é muito comum, seja depois de uma única noite ou de uma série de encontros. E por motivos bem variados.Ao justificar o próprio desaparecimento como o único jeito de terminar o relacionamento, boa parte dos entrevistados falou em tese sobre a natureza masculina. Nesse contexto, veio à tona:1) A eterna dificuldade dos homens de assumir um relacionamento.2) As formas sutis (ou nem tanto) das mulheres para tornar a relação algo mais sério antes do tempo.3) O medo de uma reação intempestiva da parceira (eles odeiam ver mulheres chorar).Teve, ainda, quem fez questão de deixar claro que, antes de tomar o famoso chá de sumiço, tentou conversar, mandar sinais, mas não obteve sucesso. A versão coincide com a visão do psicanalista Mário Corso:– As mulheres são surdas – alerta o psicanalista. – Muitas vezes, eles tentam falar, mas elas não escutam. Até que eles acabam sumindo mesmo. Aí, elas vão para o consultório para entender o que houve. Perguntam-se “o que eu fiz, onde eu errei”. Há muitos homens infantis, mas a grande resposta normalmente é bem simples: nem todo mundo se apaixona por você.Se acabar um relacionamento por e-mail já pode ser considerado um insulto, deixar de atender ao telefone e ignorar a pessoa que até há pouco tempo fazia parte do cotidiano pode ofender ainda mais. Falta de coragem, de caráter?A verdade é que sumir do mapa não é prerrogativa masculina. Mulheres também somem. Mas o silêncio faz parte do jeito masculino de se relacionar, dizem especialistas. Autora do trabalho O Telefonema do Dia Seguinte, a psicanalista Angela Brasil diz que há questões inconscientes ligadas à família que atrapalham as relações amorosas.Ela afirma que o homem se dá conta do pânico que sente cada vez que se apaixona ou quando quer sair de uma relação, o que o torna incapaz de encontrar as palavras certas.– Ele entende que as mulheres são queixosas, demandantes e sempre insatisfeitas – enumera Angela. – Elas sabem discutir e argumentam com mais facilidade. Por isso, eles preferem o silêncio, o desaparecimento, para não correr o risco de ficarem presos à trama feminina e serem novamente tragados pelo fascínio da mulher e continuar na relação – conclui.

Os 8 sinais: Saiba quando eles estão prestes a desaparecer

1) Os homens são práticos e encontram mais rápido a certeza de que o relacionamento não vai dar certo. Fique atenta.

2) Ausências e desculpas, como falta de tempo, podem ser sinais de que ele está prestes a sumir. Mas atenção: é importante não confundir esse comportamento com o de um homem muito ocupado por conta de seu trabalho.

3) Beijos apaixonados passam a ser selinhos rápidos.

4) Os jantares românticos, o sexo e o tempo que passam juntos caem abruptamente.

5) Preste atenção de como se sente durante o sexo. Certifique-se de que ele está lá.

6) Ele começa a acostumar você a vê-lo como um amigo.

7) Tapinha nas costas durante um abraço.

8) Pequenas mentiras.

Dicas de sobrevivência
– Evite transar no primeiro encontro. Os homens têm diferentes interpretações sobre essa atitude.

– Deixe ele se esforçar para conquistar você.

– Só saia com ele se o convite for feito com antecedência. Você é uma mulher ocupada, interessante e solicitada. Portanto, não está disponível tão facilmente.

– Fale por pouco tempo ao telefone e seja a primeira a desligar, com toda educação, claro.

– Os caminhos da paixão são imponderáveis. Há mulheres lindas que não conseguem conquistar o homem que desejam – e vice-versa. Você não fez nada errado, apenas não deu certo.

– Cuidado com o narcisismo. Você é bonita, mas nem todo homem vai sucumbir aos seus encantos.

– Se o romance começar como uma aventura, o compromisso pode evoluir. Mas é preciso tempo. Não tente institucionalizar a relação antes do tempo.

– O homem de hoje está em uma situação difícil com a perda do lugar social de conquistador. Ele precisa, às vezes, sustentar a sua masculinidade.

Fonte:

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Eu sabia!

Trilogia nada, vem mais um por ai (êeeee).


Uma boa notícia para quem amou, como eu, a trilogia Piratas do Caribe. Ontem o ator Johhny Depp ao lado do presidente dos estúdios Disney, Dick Cook, anunciou que vai atuar no próximo filme Piratas do Caribe. Sabia que aquele finalzinho prometia algo mais.

Vamos aguardar :D

Ah, ele também vai estrelar a versão para o cinema do conto "Alice no País das Maravilhas".

Fonte: Globo.com

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Rodopiando, dançando, girando e sendo feliz

Hoje cantei, fazia tempo que não cantava. Desafinei, não tinha um repertório definido e também não achei tão bom quanto eu achava aos meus 17 anos. Para a platéia do meu banheiro foi ótimo. Pude ouvir as palmas dos azuleijos do meu banheiro. Hoje também lembrei de uma proposta, meio maluca mas ela existiu, porque não ser artista? Um dos professores do colégio perguntou uma vez se eu sabia cantar. Bem, por mais que naquela época eu achasse que canto melhor que hoje, respondi que não. Mas eu sabia dançar. Então lembrei do tempo em que eu dançava livre e era o ponto flutuante que chamava a atenção de um ginásio cheio no dia das mães, dos pais, e outras datas legais. Dançando sem passos definidos, improvisados na hora do espetáculo. Uma fada vestida com um vestido azul que rodopiava, saltava, girava, corria e parava enquanto acordava as pessoas “perdidas”. Sujos de argila essas pessoas simbolizavam jovens no vício das drogas, que com o toque da fada voltavam para vida. Por dançar assim, o professor deve ter pensado que eu cantando também poderia virar algo como uma super pop star. Como as pessoas viajam não? Vai que eu tenho talento? Ah, deixa eu aqui com a publicidade e o jornalismo.

Lembrar me fez sentir saudade e voltar a pensar no que sempre penso quando lembro e sinto saudade: porque não continuei com a dança? Pelo menos as lembranças são boas. Foi bom ser o centro das atenções e dançar livremente como se eu estivesse dançando na sala da minha casa. E o melhor, eles gostavam.

Ah, um segredinho: eu ainda danço, rodopio, salto e giro, mas só na sala de estar da minha casa.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Eita inferno

A astrologia diz: antes do aniversário existe o inferno astral. São os 30 dias que antecedem o aniversário de alguém. Será que o tal inferno astral pode ser levado ao pé da letra conforme o significado da palavra inferno? Preferi conferir o significado dessa palavra, até porque segundo a igreja ela não é nada legal. E também segundo ela temos que ser muito bons para não ir parar nele. Tem gente que só pensa em fugir desse tal inferno. No dicionário a igreja também comanda no significado, mas tem uma frase meio isenta de religião que diz vida de martírio: tormento.

Eu não acreditava muito nesse tal inferno astral, mas esse ano os astros capricharam. O bom é que o inferno está chegando ao fim, só para completar o raciocínio venho dizer que meu aniversário é dia 27 de setembro. Já estou preparando um texto para ser postado no blog. Algo, como sempre, relacionado a saudade. Eita como vivêncio essa palavra. Tenho que aprender a vivenciar a palavra presente e futuro. O passado não volta, ainda mais a fase mais tranqüila e claro a que eu tenho saudade. Ser criança é tão bom... eita mania peter pan!

domingo, 14 de setembro de 2008

Parabéns Amy

Hoje é o aniversário de 25 anos desta super cantora, infelizmente problemática, Amy Winehouse. Não sei se ela consegue passar por essa crise eterna, parece que a cada dia ela está mais frágil. Enfim, o que tem que ser será. Tomara que ela melhore, havia boatos de show dela em Florianópolis, capital de Santa Catarina, e queria estar neste evento. Afinal de contas, mesmo com sua fragilidade, sua música é demais.

sábado, 13 de setembro de 2008

Eita marketeiro...

Disseram que ele tinha um QI super alto. Era um gênio mas infelizmente utilizou sua inteligência para fazer o mal. Inteligente sim, humano não. Queria um mundo sem mistura de raças, enfim existe algo tão tosco quanto isso? Adolf Hitler foi assim. E me surpreendi ao encontrar uma pixação na parede de um posto de saúde da prefeitura que fica aqui perto da minha casa. O nazismo ainda tem seus seguidores? É por aqui ainda sim, infelizmente.

Posto de saúde na cidade de Criciúma (SC) com recados nazistas.

É minha gente, quem disse que um bom trabalho de propaganda não dá resultado? Os discursos do líder nazista, que duravam horas, até hoje ainda convensem. Ele soube trabalhar muito bem com as armas da comunicação e com outras armas também. Pena que não utilizou a inteligência para outra coisa. Tanto talento desperdiçado e quanta gente boba que ainda acredita nos pensamentos desse ditador assassino.

Vou ficar cega, mas amei!


O site disse:

O 2133 Mini-Note PC, da HP, ainda não tem data para chegar ao mercado brasileiro, mas já desembarcou (e arrasou) no INFOLAB. Mais do que a configuração reforçada para um minilaptop, o que impressiona na maquininha da HP é o conforto proporcionado pela dupla teclado e tela do 2133 Mini-Note PC.

O equipamento que está no INFOLAB é uma versão intermediária do modelo. Inclui processador Via C7-M de 1,2 GHz, 1 GB de RAM, HD de 160 GB, Wi-Fi, Bluetooth e Windows Vista Business. Não é a que deve chegar ao Brasil até o segundo semestre. Lá fora, por preços que vão de 590 a 772 dólares, o 2133 Mini-Note PC, é encontrado na a loja virtual Amazon.com em versões com processador de 1,6 GHz, 2 GB de RAM e sistema operacional SuSE Linux.


Fonte: http://info.abril.com.br/blog/gadgets/20080519_listar.shtml?86121




Meu presente de aniversário e de formatura veio antecipado. Esse mini-note ai da foto é o presente :D. Meu pai se presenteou e o brinde veio para mim. É a Renault investiu bem em marketing. A promoção é para quem compra um Sandero. Ao comprar o carro leva o note para casa. Até tentaram comprar do pai, mas ele não imaginava o valor. Ainda bem! Ganhei um mimo.



Analisando o tamanho da tela posso até ficar cega, mas adorei!!!


As vezes a vida desanda, mas hoje foi um dia de sorte :D





Beijos!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Você acredita?

Começou o mês, e como de costume, recebi o e-mail da Aparecida Librelato com as vibrações de setembro. Ela é numerologa e tem esse serviço disponível no seu site. Então, sempre no início do mês descubro o que números dizem sobre o mês que começa.

Vamos ao texto:
"Você chega a um final de ciclo. O que ainda não tenha decidido deverá ser feito agora. A sensação de abandono pode tomar conta de você. Não permita que isso aconteça. Faça a projeção mental de um estrada cheia de alegria, positividade e futuro. Saiba deixar para trás o desnecessário: pessoas, projetos, fatos. Limpe a área. O período permite abertura para um novo e amplo amanhã."

Até que combina com a fase da minha vida. Várias idéias na cabeça... se bem que sempre tenho várias idéias e jogar fora o que não "presta" sempre é bom.

E você acredita em numerologia, astrologia, enfim, essas ferramentas místicas?
Olha eu confesso: acredito sim. Não totalmente, mas vale a pena saber o que os astros nos reservam.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Da minha terra

No sábado a melhor banda da minha cidade (Criciúma-SC), Monte Carvoeiro, vai fazer mais um show. Analisando que vou na maioria deles, neste vou ter que faltar pois tenho formatura. Mas o que quero dizer mesmo é: quem puder ir não perca o festere.

Para quem não é daqui, coloco o link do myspace dos meninos para vocês ouvirem algo. Vale dizer que várias músicas novas estão sendo compostas (né Berlan?) e cada uma com uma super mensagem. Amor, paz, sussego, vida tranquila, coisa e tal...

www.myspace.com/montecarvoeiro

A banda é composta por:
Uberlan - Voz
Fabiano Matiolla - Baixo
Marcelo Borba - Guitarra e Voz
Ked - Bateria
Elisom Maximo - Teclados, LapSteel e Samplers

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

"HEi, Mãe, eu tenho uma guitarra elétrica...

... durante muito tempo isso foi tudo o que eu queria ter..." Trecho da música "Terra de Gigantes" da banda gaúcha Engenheiros do Hawai.


E agora o que você quer? O que você quer fazer? Que rumo tomar? O que fazer para mudar? Andei pensando, na verdade ando pensando muito, sobre isso. Existem fases da vida que essas perguntas não saem da cabeça. Em certos momentos apenas queremos festas, uma roupa nova, um carro, uma boneca, um vídeo game, ir ao cinema, tomar um sorvete, um livro, uma tatuagem, um namorado, uma vida sossegada... opa a vida sossegada todos querem sempre. Mas como fazer que todos os planos sejam realizados? Estou com várias idéias, uma guitarra elétrica não é algo que busco ter, mas busco tantas outras coisas. Vocês não? Que tal sair por ai e escrever um livro? Ou apenas só ser o que você sempre quis ser? Parece tão simples, talvez realmente seja mas nem sempre isso é notado assim de primeira. Eita perguntas da vida, eita respostas que aos poucos vão aparecendo e nunca parecem ser suficientes. Quero mudar tudo, quero seguir o que desenhei nos meus sonhos.

Hei alguém responda meus e-mails, hei coragem apareça e faça eu correr atrás do que quero sem o medo bobo que ainda tenho.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Primeira tattoo

A arte no corpo, assim muitos definem a tatuagem. Eu sempre achei muito legal só faltava uma determinação maior. A culpa disso era o medo e a frescura de sentir dor. Mas descobri um tatuador aqui em Criciúma que faz tatuagem com anestesia. Então.... lá fui eu encarar o medo.

Na segunda-feira, dia 18, fui até a sala do Diego e marquei minha primeira tattoo. Ficou para o dia 26 às 18 horas, muito tarde para quem estava tão aguniada. Então voltei na quarta e marquei para as 18 horas do dia corrente. Já sabia o que queria e como queria o desenho no meu corpo. Ele foi escolhido no domingo, quando fiquei fuçando sites japoneses para encontrar o kanji certo. Kanji, para quem não sabe, é uma forma de escrita japonesa, e como tudo na história daquele país, milenar. Os mais conhecidos são os que significam amor, fé, felicidade, amizade, e assim vai. Mas eu queria um que significasse comunicação. O meu significa comunicar, transmitir, prosseguir, lenda e tradição. Marquei pela primeira vez meu corpo em comemoração as minhas duas faculdades. Por isso a busca por este significado. Quem visita o blog com freqüência sabe que sou jornalista e publicitária, e essa foi uma das minhas metas de vida conquistada.

A tatuagem é pequena, tem 2cm. É simples mas tem um grande significado. Posso dizer que agora até fico com vergonha por ter pedido anestesia para algo assim tão simples, mas preferi não arriscar. (medrosa será?)



Outras tattoos, e maiores, virão. Cada uma com seu significado. Uma forma de marcar o corpo com arte e fatos importantes da vida.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Além da atração...

Encontrar alguém especial é difícil. A "alma" gêmea não aparece em qualquer esquina. Uma dica: não seja pinguça. Isso também vale para os meninos. Pelo menos conforme o anúncio ai:

Boa semana :D

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Além dos esportes

Estou gostando da escolha para a sede das Olimpiadas. Além do esporte outros pontos sociais estão sendo muito bem analisados de uma nação que cresce muito economicamente e de população. Mas itens básicos são ignorados. A poluição mesmo... Não ver o céu? Estrelas? Nossa... Uma nação que não permite a liberdade de imprensa deve ter muito mais coisas para esconder além do sol e das estrelas.

A ONG Anistia Internacional protestou ao fazer imagens que misturam esportes praticados nos Jogos Olímpicos com situações de desrespeito aos direitos humanos do governo Chinês.









Fonte: Folha On line na UOL

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Família perfeita?

Nasceram os bebês da Angelina Jolie e Brad Pitt. Bom isso a maioria já sabe, mas agora eles ganham as páginas das mais importantes revistas de celebridades do mundo. Não era para ser diferente, afinal de contas ela é a mulher que todos queriam e ele o homem que todas queriam. Ou não. Angelina só não seria a mulher perfeita para o homem que não goste de crianças ou não sonha em ter uma família no estilo: vários times de futebol. Basta analisar nas fotos, imagina se as crianças inventam de chorar todas ao mesmo tempo? Tomara que a família seja realmente o que parece ser, perfeita, e não uma jogada de marketing ou sei lá o que. Sabe como é, existem tantas artimanhas.


No sentido horário: Shiloh brinca de boneca; Zahara e Brad com os gêmeos; o carinho do mais velho Maddox; Shiloh e Angelina com os recém-nascidos; Pax de gravata; Zahara, ao lado do pai, Brad Pitt, faz carinho na mãe.

Fotos: globo.com

Arnaldo e o amor

Recebi por e-mail este texto do Arnaldo Jabor, e hoje como é o dia do sofá vou postar. Falar de amor e relacionamento é sempre bom. Afinal de contas: esse é um eterno aprendizado. Vale para quem tem e para quem ainda vai ter. Melhorar na teoria para tentar acertar na prática, sacas?

Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:

-'Ah, terminei o namoro... '

-'Nossa! Quanto tempo?'

-'Cinco anos... Mas não deu certo... Acabou'

-É não deu!?

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores. Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa. Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama. Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel. Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador. Às vezes ela é malhada, mas não é sensível. Tudo nós não temos. Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.

Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia. E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona... Acho que o beijo é importante... E se o beijo bate... Se joga! Senão bate... - Mais um Martini, por favor!... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.

Não lute, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença. O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família?

O legal é alguém que está com você por você. E vice versa. Não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão.Nascemos sós! Morremos sós! Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento. Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? Na vida e no amor, não temos garantias.E nem todo sexo bom é para namorar. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar. Enfim... Quem disse que ser adulto é fácil?


Arnaldo Jabor
(foto:www.sxc.hu)

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Por que administrar tanto?

Uma amiga minha disse no msn: "Maga tens que viver mais, tu quase não sai, não faz nada..." Pior que sei disso, e isso me deixa triste às vezes. Mas já repararam que a maioria das saidinhas saem caro? Digo caro de dinheiro mesmo. O poder de consumo do brasileiro está cada vez pior... ou estou gastanto com um nível de vida superior ao que posso ter? Ou andam me pagando pouco mesmo? Maldita economia. Por que temos que administrar tanto? Seria tão simples se tudo fosse mais barato. O brasileiro vive pouco porque ganha pouco.

Mas também tenho outra teoria, e prefiro me basear nessa. Qual? A que para ter algo tens que abrir mão de algumas coisas. Existem milhões de festas para ir, muitas das quais o dinheiro gasto numa noite só é muito. Então, prefiro fazer algo mais baratinho, e poder pagar a prestação do carro, a conta do celular (que é pouca tá gente! juro), a gasolina, algumas coisinhas no cartão, e outras coisas que tenho que bancar. Ter idependência financeira sai caro, literalmente. Sempre, pelo menos uma vez por mês, entram em cena a "cardeneta", o lápis (também vale a planilha do excel) e a calculadora para poder ver até que ponto posso viver. Se bem que existem muitas coisas legais de se fazer que não se resumem a festas ou lugares badalados. E podem sair mais baratinhas. Ainda bem. Porque afinal de contas, viver significa muito mais que isso.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008