sábado, 29 de março de 2008

É simples...

Alguns meninos são complicados né? E depois dizem que são as mulheres que complicam. Mas talvez pode ser trauma. É trauma mesmo... existem meninas que beijam e se apaixonam. E aquelas que correm atrás feito loucas. Claro que demonstrar que está afim é certo, não custa tentar. Mas cuidado para não apelar. Orgulho é importante. Pior ainda aquelas que ficam e pensam que já estão namorando. Só que nem todas são assim. Me enquadro nesse grupinho, o das diferentes. Como diria o título de uma comunidade do orkut: Pego e não me apego.

Na minha opinião, existe sim amizade, ou pelo menos conversas sem segundas intenções, entre um menino e menina que já ficaram. Vocês concordam? Algumas situações deixam claro quando uma das partes quer continuar, ou não, curtindo aquela pessoa. Vai da outra parte aprender a "ler" os sinais. Querer não mais ficar com a pessoa não precisa ser sinônimo de fazer que não a conhece. Isso além de feio, é chato. A não ser que a pessoa não lembre direito de quem beijou, dai é outra história.

Ficar é aproveitar o momento, curtir a pessoa, e quem sabe, se bater alguma coisa, o início de uma história. Mas nem sempre bate, ou nem sempre algum dos envolvidos quer se envolver. Tem muita coisa além daquele momento. O negócio é curtir, e seguir em frente. Até o dia em que bater aquela tal de "batida perfeita".

Nenhum comentário: