domingo, 2 de março de 2008

Um gigante fascinante


Basta olhar aquele azul e sentir a brisa tocar no rosto. A paz começa a entrar pelos poros do corpo devagar, deixando o dia mais calmo, mais simples e puro. O dia pode estar cinza, e a cor da água nem tão azulada assim, mas a energia dele é a mesma. Misticismo, crenças, superstições, um companheiro de horas ou um parceiro do verão. Só sei que ele me faz muito bem. O mar e suas ondas que vão e vem, me fascinam de uma maneira especial. Fazem meu dia, meu final de semana e a vida melhor. Perto dele você consegue se sentir um pouco mais perto de Deus. E ver como a vida é especial.

O mar tem uma legião de apaixonados por ele, assim como eu. Mas qual o charme desse gigante? Afinal de contas o que ele tem? Ele é um dos grandes responsáveis pela vida do planeta. Isso a grande maioria das pessoas sabem. Aprendemos na escola que ele ocupa cerca de 71% da superfície do planeta. Talvez por isso ele fascine tanto. Reuni tanta vida, tanta beleza e tanta energia. Talvez por isso também tantas músicas, poemas e declarações de amor são feitas em sua homenagem.

Ele tem um deus grego, Netuno. Tem uma deusa, Iemanja. E tem uma santa, Nossa Senhora dos Navegantes. Tem ondas, tem força própria. É eterno parceiro da lua e do sol.

Em um lugar do mundo ele até produz música. Isso mesmo, em Zadar na Croácia, existe um órgão de 35 tubos de 70 metros. O projeto existe desde 2005 e é do arquiteto Nikola Basic, que recebeu o prêmio Europeu de Espaço Público Urbano por essa obra. Quem "assopra" essa coisa toda é a força do mar, conforme as ondas vão e voltam o ar passa pelos tubos, "soprando" sons harmoniosos mas totalmente randômicos. Confere ai no vídeo.




Fonte: www.andafter.org/publicacoes

Nenhum comentário: