sábado, 28 de junho de 2008

Chega de sorvete de casquinha

Acabei de ver uma comédia romântica, Tudo Acontece em Elizabethtow. Comédia romântica no sábado a noite? Ai que triste. Vou confessar: acho o Orlando Bloom lindo e suspirei muito durante os minutos do filme. Fora essa babação toda, a Clarie, personagem de Kirsten Dunst, disse uma frase muito legal: "não preciso de sorvete de casquinha". Algo que é bom, mas derrete em cinco minutos. Falso, superficial. Ela se defendeu dizendo que tem certeza do que é e sabe que é "a cara".
Mas sobre a frase... tem horas que a gente cansa de tanto "sorvete de casquinha". Busca-se algo além, verdadeiro e que te faça feliz por mais de cinco minutos. Na profissão, na vida, no amor, na família... algo que não derreta. Tudo bem que a felicidade é uma junção de pequenos momentos de alegria, afinal de contas tem que haver tristeza também. Coisas da vida... Mas viver só de cinco minutos não dá.

Um comentário:

Juliana Dacoregio disse...

Esse filme é uma delícia!!!!