terça-feira, 10 de junho de 2008

Quem está fora quer entrar, quem está dentro quer sair

Continuando a semana especial do dia dos namorados, um texto comparativo do solteiro e do casado. Situações, ações, vantagens e desvantagens de cada um. Afinal de contas, o importante é estudar os dois casos e escolher o melhor caminho a seguir.


O solteiro fica com a garrafa de vinho inteira pra si mesmo.
O casado não precisa de vinho ou outra bebida pra se aquecer.

O solteiro tem metade da louça pra lavar.
O casado tem o dobro mas sempre tem outra pessoa que pode lavar pra ele.

O solteiro pode varrer o chão quando bem achar que deve.
O casado tem o chão da sua casa todo varrido antes de ele pensar que precisava ser varrido.

O solteiro nunca tem ninguém que lhe encha o saco dizendo que a cozinha precisa ser pintada ou o banheiro precisa de novos azulejos.
O casado consegue pintar a cozinha muito mais rápido e de maneira muito mais divertida (insira seus pensamentos pervertidos aqui) do que o solteiro.

O solteiro pode ver qualquer canal da TV o tempo todo, sem ninguém reclamar que quer ver outra coisa.
O casado tem uma pessoa pra conversar sobre o que tá passando.

O solteiro não escuta reclamações quando arrota ou solta aquele fedegoso.
O casado tem alguém pra dizer que tem catchup no queixo ou couve no meio dos dentes.

O solteiro nunca tem de cozinhar quando chega em casa, apenas pede comida ou come um lanche rápido.
O casado tem de cozinhar ás vezes, mas nas outras chega em casa e está tudo prontinho, quentinho.

O solteiro pode comer aquele prato enorme pra dois, sozinho.
O casado leva o mesmo tempo pra cozinhar do que o solteiro, mas tem companhia agradável.

O solteiro sempre pode ir passear de férias onde achar mais legal.
O casado paga menos por pessoa no hotel, e tem alguém pra conversar no café da manhã.

O solteiro gasta todo o seu dinheiro consigo mesmo, e compra o que quer.
O casado tem dois salários entrando e apenas um pacote de contas.

O solteiro pode mudar-se de casa quando achar conveniente.
O casado paga o financiamento da casa com muito mais facilidade.

O solteiro não tem aniversário de casamento, que se esquecer dá briga.
O casado tem alguém que sempre lembra do dia do aniversário.

O solteiro nunca tem de comprar presentes inúteis para o cônjuge, só pra falar que comprou alguma coisa.
O casado tem uma pessoa que lhe compra presentes em datas normais, e é isso que conta.

O solteiro pode flertar com qualquer pessoa na rua.
O casado não precisa flertar com pessoas.

O solteiro gosta da idéia de se casar.
O casado gosta da idéia de ser solteiro.

O solteiro tem uma vida social maravilhosa aos 30 e 40.
O casado ainda tem uma vida social aos 60.

O solteiro sempre pode pegar um assento duplo nos transportes públicos.
O casado nunca consegue achar dois lugares juntos porque eles estão todos sendo usados pelos solteiros.

O solteiro não tem com quem sair á noite porque seus amigos todos casaram e vão ficar em casa.
O casado não tem que sair com aqueles amigos chatos de quando era solteiro.

O solteiro sempre sabe com que casal de pessoas mais velhas vai passar o fim de ano.
O casado ás vezes tem a alegria de receber os pais e os sogros em casa pra um jantar.

O solteiro não pega todo resfriado do cônjuge.
O casado pode ficar tranquilo, que quando tiver um ataque do coração, vai ter alguém ali pra chamar a ambulância.

O solteiro nunca fica deprimido por que seu cônjuge ficou.
O casado não vai parar num asilo quando fica velho. Tem quem cuide dele.

O solteiro acha que se casar é uma coisa restritiva, chata e um sinal de fraqueza pessoal.
casado acha que ficar solteiro é desnatural, solitário e um sinal de fracasso pessoal.

O solteiro sempre tem o banheiro livre.
O casado sempre tem o quarto cheio.

O solteiro pode ficar deitado na cama até a hora que quiser.
O casado tem uma ótima razão pra ficar deitado na cama até mais tarde.

O solteiro não tem de se preocupar com a aparência logo cedo quando acorda. Ninguém vai ver mesmo.
O casado tem uma pessoa que o ama, mesmo com aquela aparência horrível da hora que acorda.


Acho que este texto está favorecendo o casado... não acha?

Nenhum comentário: