domingo, 27 de julho de 2008

Esperando...

Passei um final de semana diferente: não sai de casa. Fui na locadora sexta-feira e peguei quatro filmes. Minha irmã escolheu dois e eu os outros. Mas antes de começar a maratona dos filmes eu e ela preparamos um jantarzinho especial para minha mãe que estava de aniversário. Docinhos, salgadinhos, balões e surpresa furada. Meu pai e minha mãe voltaram antes do tempo do trabalho, mas mesmo assim valeu a pena. Momento família dos bons, daqueles que não esquecemos e nos faz feliz. Ainda mais depois de quinta-feira quando antes de dormir pensei que não tinha muita sorte com família. Probleminhas básicos sabe?

Depois da festinha furada começamos a primeira etapa do final de semana de vídeos, pelo menos assim ele foi para mim. O primeiro filme não foi dos melhores, na verdade não faz meu estilo. Assistimos Muay Thai Chaiya, minha irmã agora faz Muay Thai e está empolgada. Tentei começar a ver um outro filme mas o sono bateu e fui dormir.

Sábado a tarde recomecei minha sessão de cinema. Anjo de Vidro e Memórias de uma gueixa foram os escolhidos. Ambos muitoooo bons. Eles me fizeram perder a hora e esquecer do tempo. Também esqueci da super festa que tinha aqui na cidade: o carnaval de inverno no clube social mais famoso daqui. "Toda a cidade" estaria presente nesse evento, menos eu. Por alguns motivos devo dizer. Quais? Bem... não comprei ingresso antecipado, não estava com muita vontade, estou economizando para algo que pode mudar minha vida essa semana, e por fim a angústia da espera. Fico fazendo planos e imaginando se tudo der certo. Também mentalizo muitas vezes: Maga vai dar certo. Esperando continuo, e logo a resposta virá. Sem falar que apenas duas amigas lembraram de pedir minha presença na festa. Isso me deixou meio triste, confesso. Mas também não fiz nada para que o contrário acontecesse. Enfim, foi só mais uma festa.

No domingo finalizei meu final de semana assistindo o último filme: Soldados, a história de Kosovo. Um filme italiano triste, longo (três horas) e que fez pensar. As pessoas continuam se matando por tanta besteira não é?

Continuo esperando e fazendo planos. Esperança e medo ao mesmo tempo. Vamos ver o que o destino me reservou e a resposta que vou receber nos próximos 15 dias. Enquanto isso espero...

(post estilo diário né? Mas é que não falei muita coisa para ninguém, então queria falar algo aqui.)

Um comentário:

LA_MALIGNA disse...

Eu gosto de posts em estilo diário, hehehehe... To na torcida pra tudo dar certo! Mas tenho uma correção: eu tb não tava naquela festa! Hehehehe... Bem que queria ter ido, mas fiquei pela ilha mesmo. To com saudade dessas badalações em q vai Criciúma toda. Saudades de ti tbm, nerd!