quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Qual seu número?

Nossa data de aniversário para a numerologia significa o número que determina nossa lição de vida. Técnicamente é o que você tem que aprender na vida. Sabendo o que o número significa você pode trabalhar os pontos positivos e também os negativos. Gosta de numerologia? Acredita nela? Então acesse o site e descubra qual seu número.

O meu é o 11, o número mestre. Adorei todo o significado que ele possui e a lição de vida que tenho. Colo aqui um pedacinho do que esse número significa:

"Este é um número-mestre. Ele é especial pois seu desafio é aprender a tomar consciência do mundo espiritual. Você é extremamente intuitivo, de vanguarda, idealista e visionário. Como um número mestre, pode conseguir ter uma compreensão das coisas que não está ao alcance dos outros. Você pode se tornar uma pessoa interessante, incomum, com muito para oferecer à sociedade se souber direcionar sua energia."

Como que eu não iria gostar disso?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Ei, acho que isso não dá muito certo

O que faz uma empresa te selecionar para trabalhar nela? Eu sou a favor da tradicional entrevista e suas perguntinhas mágicas que conseguem te descrever sem mesmo tu notar. Mas, hoje vivi algo que me deixou com uma pulga atrás da orelha: questionário sobre assuntos variados vale a pena? Se eu não acertar quantos municipios tem Santa Catarina isso quer dizer que não sou uma boa jornalista? E sei que como jornalista me garato. Tomara que eles notem isso. Ah, e tomara que minha intuição tenha funcionado.

Vamos torcer...

Andei lendo por ai...


Fiz um teste para um jornal ai, se eu passar ótimo. Caso não passe, ler os últimos jornais da semana valeram a pena. Fiz uma maratona minha gente! Entre os temas que li gostei muito desse: gestores públicos, empresas, universidades, prefeituras, igrejas e organizações da sociedade civil estão unidas para acabar com o analfabetismo em Santa Catarina. Uma iniciativa arrojada que pretende até 2010 fazer com que os 225 mil analfabetos do nosso estado entendam nossa queridinha, difícil e amada língua portuguesa.

Para participar das aulas é só procurar os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) até dia 14 de novembro. As aulas começam dia 17 de novembro. Inclusão social já!

OBS.: sei bem como é difícil conviver com essa dificuldade. Convivo diariamente com uma pessoa analfabeta que mal sabe escrever seu nome. A pessoa fica perdida, meio tansa até. Muita boa essa iniciativa.


Fonte: Diário Catarinense

domingo, 26 de outubro de 2008

Frases legais, ora pois...

Adoro quando escuto alguma música e uma frase legal é dita, coisa de louca eu sei. Mas mesmo assim vou postar aqui. Escutando o CD do Nando Reis gravado ao vivo pela MTV escutei frases que adorei. Algumas assim:

- “Colombo procurou as índias, mas a terra avisto em você”.
- “Se o homem já pisou na lua como ainda não tenho seu endereço?”
- “Estanho eu ainda não ter me apaixonado por você, seu star azul combina tanto com meu preto de cano alto”.
- “O que está acontecendo, o mundo está ao contrário e ninguém reparou?”.
- “O que você está fazendo? Milhões de vasos sem nenhuma flor?”
- “Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atriu. Dos cegos do castelo me despeço e vou. A pé até encontrar um caminho e um lugar do que sou.”
- “E se você puder me olhar, se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar. Eu vou cuidar, eu cuidarei bem dele.”
- “Eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim”.
- “Mas que beleza de mulher que me apaixona só quando me quer.”
- “Tudo que acontece na vida tem um momento e destino. Viver é uma arte é um oficio só que é preciso cuidado. Para perceber que olhar só para dentro é o maior desperdício. O amor pode estar no seu lado”.
- “O amor é o sabor para quem bebe a sua alma”.
- “Quando não tiver mais nada, nem chão nem escada, escudo ou espada, o seu coração acordará.”
- “Amor dará e receberá, do braço a mão, da boca a vogal.”
- “O mundo é bão Sebastião, o mundo é teu Sebastião”
- “A gente pensa que escolhe, se a gente não sabe inventa. A gente só não inventa a dor, a gente que enfrenta o mal, quando a gente fica em frente ao mar, a gente se sente melhor.”

Existem várias outras dele, e de outros artistas. Pequenos pedaços da letra que nos remetem a algo, muito legal isso. Aposto que você deve ter aquele trecho de alguma música que te faz pensar, lembrar, sentir saudade ou até ódio.

Finalizando, um vídeo dele. Música: All Star, gravada no Bar Opinião em Porto Alegre.

sábado, 25 de outubro de 2008

Quem é essa menina?


Ao vasculhar sites, ler jornais e revistas, um nome sempre apareceu na editoria variedades. Mais precisamente na parte onde o assunto é música. Afinal de contas quem é essa menina estilosa chamada Mallu Magalhães? Que som essa menina faz? E por que ela é tão bem criticada? Fui procurar respostas e escrevo elas neste post.

Ela tem apenas 15 anos, diz que faz um som chamado "folk n´roll", uma mistura da música folclórica americana e o tradicional rock n'roll. Ah o termo foi a Mallu que inventou, mas alguns dizem por ai que ela faz um indie folk. Enfim, tudo é folk e fofo. Canta em inglês para disfaçar o que ela quer dizer, vejam só! Declarações e sentimentos de adolescente em músicas que estão ficando famosinhas graças ao MySpace. Essa paulistana começou a compor suas músicas com 12 anos e tem como referência Bob Dylan, Beatles e Jhonny Cash. É, parece que a pinpolha promete. Vou disponibilizar um vídeo que está no You Tube, e se você quizer ouvir outros sons acesse o MySpace dela.


Até que achei legalzinho...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Quase nada de photoshop

Foto da atriz Giovana Antonelli para uma capa de revista de circulação nacional.

Será que abusaram no uso do PhopoShop? Reparem o quanto deformaram o rosto da atriz Giovana Antonelli nesta foto que foi capa de uma revista neste mês. Por isso que digo: não acreditem em tudo que você vê por ai. Usar essa ferramenta é normal, mas chegar a esse ponto é apelação. Ficou até feio né gente? Ei editores, analisem melhor...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Post atrasadinho mas vale...

Escrevi um texto para ser postado no meu aniversário, dia 27 de setembro, mas na correria acabei deixando de postar. Mas como nunca é tarde demais para nada, a não se que a cagada tenha sido muito grande, vou postá-lo. :D

_____________________________









Aniversário de vida

Gostei do jeito que uma amiga minha se refere ao aniversário de alguém e também como ela deseja parabéns. Apenas diz: Feliz Aniversário de vida. As vezes pensamos apenas que estamos ficando mais velha e que nossa vida está indo embora. Pensamento errado, é hora de agradecer e não lamentar esse presente maravilhoso que Deus nos dá. Confesso que como boa libriana tenho medo de envelhecer. Como mulher tenho medo de envelhecer e também de ficar sozinha. Ah e como simples mortal tenho medo de morrer e não fazer tudo o que tenho para fazer nessa vida.

Nesses 26 anos aprendi algumas coisas, posso falar para vocês o que aprendi? Aprendi que tenho que me quebrar para aprender, respeitar para ser respeitada, que um obrigada vale muito e um sorriso é uma fortuna. Aprendi que Deus é maravilhoso, até mesmo quando a vida parece estar toda errada ela está bem certa sim, por incrível que pareça. Compreendi a neurose dos nossos pais, mas na grande maioria das vezes eles têm razão. Eles são mais sábios e a vida ensina muito. Aprendi que uma forma de ser feliz é aceitar as diferenças, se elas são demais para serem aceitas mude de companhia. Aprendi que as maravilhas da vida estão entre amigos, no pôr do sol, no nascer dele, na vibração do mar, em uma viagem, em uma noite inteira dançando suas músicas preferidas, na lua cheia, no sorriso de uma criança, em um filme maravilhoso, em um livro, em um abraço, em um beijo gostoso e em um te amo do fundo do coração. Algumas vezes nos perdemos sonhando com isso tudo e não fazemos nada para tornar realidade. O medo nos prende, nos deixa imóveis, mas ele existe para ser vencido. Aprendi que o coração tem a capacidade de restauração. As decepções amorosas existem para preparar você para o amor. Aprendi que antes de amar alguém você precisa aprender a se amar. Tá Deus aprendi isso, por favor solta meu príncipe? Ah, também aprendi que príncipes não existem, o amor que faz a gente imaginar isso. Você que está apaixonada vai pensar: ah existe sim e é meu namorado/marido/amante/ficante... ih deixa passar a paixão e depois volte aqui. Você ama alguém com defeitos e virtudes, isso realmente o torna especial. Aprendi que o tempo tem sempre razão, e que a frase que minha vó dizia "Deixe estar" era a mais correta. Aprendi que a vida é a melhor coisa que temos, e tudo acontece como deve ser. Hoje não tenho mais medo de ficar velha nem de morrer, porque sei que cada um tem sua missão por aqui. Aprendi que sair beijando todo mundo é um ato de desespero, mesmo eu tendo beijado vários gatinhos e sonhos de consumo. Pode até fazer bem para finalizar a listinha de pegáveis que você naturalmente cria. Aprendi que mesmo querendo não correr atrás do sistema você vai ter que fazer isso algum dia, mas pode planejar fugir dele antes que ele acabe com você. Aprendi que sonhar faz muito bem, porque pensamentos positivos fazem tudo se realizar. Descobri que controlar os pensamentos negativos é difícil, e fugir da tristeza nem sempre é o melhor caminho. Infelizmente você tem que vivencia-la para finalizar algo. Aprendi que você pode conhecer muitas pessoas, mas amigos de verdade são poucos. Acho que conto com alguns e aprendi a valorizá-los. Confirmei que comunicação é tudo o que quero fazer. Aos 10 anos quando afirmei que era dos jornais o que eu mais gostava de assistir na TV não era brincadeira não. Só não quero mais usar terninhos, digamos que sou hippie demais para isso. E não quero deixar de ser isso, mesmo tendo algumas patricinhas cornetiando. Só tenho que aprender a me comunicar melhor fora das telinhas, revistas e jornais, mas isso estou aprendendo. Também aprendi que alguns bloqueios de crianças ainda continuam. Aprendi que cuidar do corpo e da alma nos faz feliz. Aprendi a escolher os lugares que realmente quero ir, os que vão me fazer feliz e quem vai me fazer assim. As companhias estão cada vez melhores, e sorrir está cada vez mais divertido. Aprendi que a vida é maravilhosa e também descobri que sou bem positiva. Descobri que Deus sempre me dá uma forcinha, e que tenho anjos maravilhosos. Sou feliz por ser o que sou hoje, e quero continuar aprendendo. Continuar realizando sonhos, e apenas pensar: Feliz Vida isso sim.

Obrigada Deus por mais um ano de vida, espero estar aprendendo tudo o que devo aprender. E também espero continuar nessa aventura por muito tempo.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

E agora?


O seqüestro que virou a novela da semana na mídia enfim terminou. Vocês devem ter lido, ouvido e visto o caso do ex-namorado que manteve durante cinco dias (mais de 100 horas) a namorada e uma amiga em cárcere privado, algo inédito em São Paulo. O jovem de 22 anos é Lindemberg Fernandes Alves, as meninas são Eloá Cristina Pimentel e Nayara Silva, ambas com 15 anos.

Ele virou estrela ao dar entrevista para redes como Globo, Record e RedeTV. Se sentiu o dono do pedaço e foi até bem tratado pela polícia. Claro que vale pensar o que levou esse jovem cometer algo assim. Mas duas coisas novamente são claras: o jornalismo apela no sensacionalismo, digo até que as vezes se mete demais, e a polícia precisa de mais preparo.

A história mais uma vez terminou mal, a ex-namorada está mais morta do que viva. O menino poderia ter sido orientado por um pscicologo. Vá saber o tipo de desequilibrio que essa pessoa passou para cometer algo tão desesperador? Ele já estava em pânico e a polícia só aumentou. Talvez a história pudesse ter terminado bem.

Ei está na hora de melhorar a segurança desse país. Os policiais não tem culpa por não ter o treinamento adequado. E digo mais, chega de usar essa tática de persuasão que determina que todos são meliantes e vagabundos. O ser humano é muito mais complexo e merece mais atenção do que é dado. Analisar tudo o que aconteceu para que uma situação de limite tenha acontecido é um primeiro passo.
Ahh não podemos esquecer também do terrível confronto entre as polícias Civil e Militar de São Paulo... é, o negócio tá feio mesmo.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

A culpa é da genética

Se você é mau humorada e sabe disso. Tem dias que ninguém te suporta, nem mesmo você! Pois é amiga visitante um estudo diz que a doença do mau humor atinge três vezes mais mulheres que homens. A distimia é o nome dessa doença. Ela é um transtorno de humor considerada um tipo de depressão leve. De acordo com Luiz Alberto Hetem, da Associação Brasileira de Psiquiatria, a doença se diferencia do mau humor comum, um sentimento que todos podemos sentir em diversos momentos de nossas vidas. "Na distimia, a pessoa fica mal-humorada, irritada, impaciente e com sintomas depressivos, como alteração no sono e no apetite, durante a maior parte do dia, por meses ou anos", afirma Hetem.

Cerca de 5% das pessoas sofrem desse mal. Mas calma, antes de dizer que você tem isso pense bem. Quem sofre desse mal sofre o dia todo com o mau humor sem saber por que. Se seu salário está atrasado, seu namorado só encomoda, você quer comprar aquela roupa mas já acabou o limite do cartão, o verão está chegando e os números que aparecem na balança não diminuem, está solteirona, quer fugir de casa, ou outra situação que nós mulheres sabemos bem como faz mal; você tem motivo de sobra para não ficar rindo muito.

Viu meninos? Somos sensíveis!


Fontes: Luiz alberto Hetem, da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e ERIKA MORAIS da Revista da Hora.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Ué, cadê?

Sou obrigada a colar essa matéria que acabei de ler no site ClicRBS. Escrita por Lucia Pires tem o título: Por que eles desaparecem sem deixar vestígios?

Qual mulher nunca pensou isso ou passou por isso? Segundo a reportagem a dificuldade de dizer não a uma mulher faz do homem um especialista em sumir da noite para o dia.

Então vamos a ela:

Você conhece um cara legal, começa a sair com ele e, quando tudo parece que está engrenando, ele some. Do homem interessado e galanteador ficou só a lembrança. Ele nem sequer se deu ao trabalho de dar uma desculpa esfarrapada por e-mail. Não atende ao telefone, não responde mensagens e também não circula mais pelos mesmos lugares. Evaporou. Até o dia em que resolve reaparecer – geralmente quando você já está em outra.Não se preocupe. Você não é um caso isolado. A queixa de que os homens somem sem dar explicação é recorrente entre as mulheres. Por isso, DonnaZH saiu às ruas para tentar entender o fenômeno. Percorremos academias, parques, bares e empresas de Porto Alegre para apurar a queixa feminina.Foram entrevistados homens nas faixas de 20, 30 e 40 anos, com diferentes profissões. O resultado é surpreendente: mais de 80% declararam de imediato que sim, já tinham desaparecido. E mais de uma vez.A seleção de depoimentos publicada nesta reportagem revela que a dificuldade de dizer não a uma mulher é muito comum, seja depois de uma única noite ou de uma série de encontros. E por motivos bem variados.Ao justificar o próprio desaparecimento como o único jeito de terminar o relacionamento, boa parte dos entrevistados falou em tese sobre a natureza masculina. Nesse contexto, veio à tona:1) A eterna dificuldade dos homens de assumir um relacionamento.2) As formas sutis (ou nem tanto) das mulheres para tornar a relação algo mais sério antes do tempo.3) O medo de uma reação intempestiva da parceira (eles odeiam ver mulheres chorar).Teve, ainda, quem fez questão de deixar claro que, antes de tomar o famoso chá de sumiço, tentou conversar, mandar sinais, mas não obteve sucesso. A versão coincide com a visão do psicanalista Mário Corso:– As mulheres são surdas – alerta o psicanalista. – Muitas vezes, eles tentam falar, mas elas não escutam. Até que eles acabam sumindo mesmo. Aí, elas vão para o consultório para entender o que houve. Perguntam-se “o que eu fiz, onde eu errei”. Há muitos homens infantis, mas a grande resposta normalmente é bem simples: nem todo mundo se apaixona por você.Se acabar um relacionamento por e-mail já pode ser considerado um insulto, deixar de atender ao telefone e ignorar a pessoa que até há pouco tempo fazia parte do cotidiano pode ofender ainda mais. Falta de coragem, de caráter?A verdade é que sumir do mapa não é prerrogativa masculina. Mulheres também somem. Mas o silêncio faz parte do jeito masculino de se relacionar, dizem especialistas. Autora do trabalho O Telefonema do Dia Seguinte, a psicanalista Angela Brasil diz que há questões inconscientes ligadas à família que atrapalham as relações amorosas.Ela afirma que o homem se dá conta do pânico que sente cada vez que se apaixona ou quando quer sair de uma relação, o que o torna incapaz de encontrar as palavras certas.– Ele entende que as mulheres são queixosas, demandantes e sempre insatisfeitas – enumera Angela. – Elas sabem discutir e argumentam com mais facilidade. Por isso, eles preferem o silêncio, o desaparecimento, para não correr o risco de ficarem presos à trama feminina e serem novamente tragados pelo fascínio da mulher e continuar na relação – conclui.

Os 8 sinais: Saiba quando eles estão prestes a desaparecer

1) Os homens são práticos e encontram mais rápido a certeza de que o relacionamento não vai dar certo. Fique atenta.

2) Ausências e desculpas, como falta de tempo, podem ser sinais de que ele está prestes a sumir. Mas atenção: é importante não confundir esse comportamento com o de um homem muito ocupado por conta de seu trabalho.

3) Beijos apaixonados passam a ser selinhos rápidos.

4) Os jantares românticos, o sexo e o tempo que passam juntos caem abruptamente.

5) Preste atenção de como se sente durante o sexo. Certifique-se de que ele está lá.

6) Ele começa a acostumar você a vê-lo como um amigo.

7) Tapinha nas costas durante um abraço.

8) Pequenas mentiras.

Dicas de sobrevivência
– Evite transar no primeiro encontro. Os homens têm diferentes interpretações sobre essa atitude.

– Deixe ele se esforçar para conquistar você.

– Só saia com ele se o convite for feito com antecedência. Você é uma mulher ocupada, interessante e solicitada. Portanto, não está disponível tão facilmente.

– Fale por pouco tempo ao telefone e seja a primeira a desligar, com toda educação, claro.

– Os caminhos da paixão são imponderáveis. Há mulheres lindas que não conseguem conquistar o homem que desejam – e vice-versa. Você não fez nada errado, apenas não deu certo.

– Cuidado com o narcisismo. Você é bonita, mas nem todo homem vai sucumbir aos seus encantos.

– Se o romance começar como uma aventura, o compromisso pode evoluir. Mas é preciso tempo. Não tente institucionalizar a relação antes do tempo.

– O homem de hoje está em uma situação difícil com a perda do lugar social de conquistador. Ele precisa, às vezes, sustentar a sua masculinidade.

Fonte: