quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

A gente nunca esquece

Existem coisas que nunca esquecemos, entre elas o primeiro beijo. Vai dizer, alguém ai esqueceu o seu? Tem cada história de primeiro beijo interessante, algumas desastrosas já outras histórias dignas de conto de fadas. É um momento que ficamos esperando tanto e treinando claro. É espelho, braço, laranja e sei lá mais o que. Hoje continua assim? Ou deixar de ser BV (boca virgem) está mais simples. Se bem que quando crianças nós já temos o namoradinho da escola para dar selinho. Mas falo aqui do primeiro beijo na adolescencia, aquele de língua bom, ou ruim né, depende hehe.

Esse final de semana fui para o lugar onde meu primeiro beijo aconteceu. Não beijei cedo não, sei lá nunca fui muito ligeira nessas coisas. Eu era um bixinho do mato, tinha uma vergonha e na hora nem liguei muito para isso. Era carnaval, eu tinha quase 15 anos, estavamos todos dançando e festando. Nem tinha porque ficar pensando em não beijar ninguém, né. Ainda bem que deu tudo certo, tenho uma boa recordação desse momento. Meu primeiro beijo foi muito bom. Mas vieram outros meninos e alguns beijos muito ruins, vai dizer: beijar alguém que beija mal não dá. O negócio é sumir na balada mesmo, já fui obrigada a fazer isso. Ah quantas histórias... adoro essas coisas da vida.

E o seu primeiro beijo como foi?

Um comentário:

Xana disse...

Lembro que o meu primeiro beijo a valer , me deu uma sensação de nojo que nem te digo...
pensei para mim , que coisaaa isso é que é bom???

fiquei em estado de choque durante o resto do dia e no dia seguinte fugia do menino para não me beijar de novo
* tinha 13 anos hehehehehehe

beijinho no rosto bem repenicado para ti e boa semana