terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Procurando casa - 1º dia

Era uma casa muito engraçada, não tinha teto, não tinha nada... Era mais ou menos assim minha situação, saberia que viria morar aqui e estava idealizando meu cantinho de todas as formas. Sites, blogs, revistas de decoração viraram meus melhores amigos. Agora minha casa está começando a tomar forma. Por enquanto ela é apenas uma descrição nos vários anúncios de classificados de imóveis aqui de Florianópolis. Tem cada casa cara minha gente! Claro que estou procurando a casa que posso pagar, por mais que a dos meus sonhos não seja tão barata.

Cheguei hoje em Florianópolis as 13 horas e logo em seguida fiz duas coisas que acho super importantes: procurei o classificados do Diário Catarinense e fui comer. Enquanto saboreava meu "sanduba" natural do Subway aproveitava para analisavar as ofertas. Conclusão: o sanduíche estava bom, como sempre, mas as ofertas dos classificados estavam as piores que já vi. Fui para o plano B, que na verdade já fazia parte do plano A. Procurei uma banca de revista no shopping Beira Mar e perguntei: Vocês tem aquele jornal de ofertas de todas as imobiliárias daqui? Um que é gratuito e tals. A menina que me atendeu ficou meio perdida, mas ainda bem que outro atendente curioso ouviu a conversa e trouxe o jornal. Opa! Agora sim! Várias opções em mãos. Peneirando tudo apenas umas quatro restaram. Liga para um imobiliária, liga para outra. Marquei visitas para amanhã. Me arrisquei e depois de 40 minutos achei uma das imobiliárias que tinha a melhor oferta, na minha opinião falta a da dona Miriam, mão da minha futura colega de apê. Infelizmente alguém já estava vendo o apartamento, mas amanhã tento novamente.

Também procurei o sindicato dos jornalistas de Santa Catarina para fazer meu registro. Assim posso ser responsável por jornais, revistas e outras coisitas mais que facilitam meu trabalho. Vale dizer que nessas indas e vindas, muita chuva caia por aqui e isso resultou em um banho básico. Ainda bem que o jornal serviu para alguma coisa: proteger minha cabeça da chuva e depois uma leitura básica enquanto esperava minha prima.

Por enquanto é isso, espero fazer com que minha casinha vire realidade ainda amanhã. Vou me perder algumas vezes, me achar outras vezes e aproveitar para continuar notando a quantidade de gatos que tem por aqui. Se tudo der certo encontro casa, encontro o rumo para a minha vida e um namorado. Viva!!! Estou empolgada.

2 comentários:

Evandro disse...

Td bom, estas gostando da ilha da Magia, se precisar poode contar com ,bjos do amigo Evandro

Anônimo disse...

Pode contar comigo !Espero que o resto do mês não seja a locura que foi esta semana no meu trabalho.bjos !Fabi