segunda-feira, 16 de março de 2009

Crepúsculo


"Então o leão se apaixona pelo cordeiro.
Cordeiro estúpido.
Que leão doentio e masoquista".













Existe melhor texto para descrever a paixão de um vampiro e uma humana. Sem falar que soa poético e irônico. Esse trecho faz parte do filme Crepúsculo. Depois de tanto ouvir falar da fama desse livro escrito por Stephanie Meyer, e do filme, resolvi ver o que realmente essa história tem de bom. TUDO! Os conflitos, o estilo de atuação, o amor sofrido, as barreiras, o ator charmoso, o humor negro, o ar de sedução e medo. Não sei ao certo o que pensar de tudo, existem tantas análises. Como sempre, por gostar do filme já o vi umas três vezes. Revi o final mais algumas e as partes mais legais também. E onde aparecem essas falas de certeza faz parte delas.

O que pensei ao ver o filme foi: que primeiro amor difícil dessa menina! Mas também pensei: Ela não gosta muito da vida e ele pode tirar isso dela. Não quer envelhecer e ainda pode ser eterna (análise do lado romântico da situação). Ele quer protegê-la por ser a presa preferida, a com o melhor cheiro e como ele mesmo descreve: "seu sangue é uma droga, a marca de heroína feita especialmente para mim". Uma entrega, uma superação... eu acho que pode ser amor essa história.

Eu quero ler todos os livros já!!! Para ver como isso tudo termina.
OBS.: Quem não se apaixonaria por um vampirinho desses heim? Eu arriscaria meu pescocinho com certeza. Como diriam algumas amigas minhas: Deus abençoe.... se bem que nem isso salvaria um carinha desse. Afinal de contas, vampiros já estão no inferno. É melhor estar no inferno abraçando um desses do que o capeta. Fora as piadinhas, nós mulheres sabemos como os garotos problemas nos atraem. Eita coisinha complicada. Falando nisso, o motivo da maçã estar na capa do livro é biblíco. Remete para a escolha entre o bem e o mal.

Para completar o post dois vídeos: O trailler do filme e o clip da música tema da história.



Nenhum comentário: