segunda-feira, 27 de abril de 2009

Dinheirinho para o blog do Edi ai gente!

Li um post no blog As aventuras de chicuta que sou obrigada a comentar aqui.

O bispo Edi Macedo tem seu blog na internet. Como não bastasse conseguir ganhar muita grana pedindo dinheiro aos fiéis de sua igreja, ele agora também usa essa ferramenta com o mesmo intuito. A novidade é que ele anda pedindo ajuda para custear as despesas que diz ter com o blog da sua igreja. Segundo o senhorzinho ai o blog custa, por mês, R$ 107,622,00. Incluídos despesas de água/luz/telefone. FALA SÉRIO!

O apelo dele foi o seguinte: "Como vocês estão vendo, estamos disponibilizando, cada vez mais, material, não só para o crescimento espiritual dos nascidos de Deus, como também tentando ajudar aqueles que o querem... Se você tem sido beneficiado nesse trabalho e deseja participar do mesmo, você pode ajudar com um pouco que somado a outro pouco vai ajudar a pagar as despesas."

Sabe o que me irrita? Tem otário que paga. Minha gente um blog não tem esse custo nem aqui nem na China. Se chegar a ter um custo assim o blog deve ser o melhor de todos. E se é o melhor de todos tem muita gente querendo anunciar nele. Vende anúncios senhor Bispo! Agora se o blog for na China o lucro ainda é maior, pois tem o trabalho escravo e o custo com a folha de pagamento cairia muito.

Penso assim...

Sinceramente isso é de doer. Uma igreja que cobra tudo de seus fiéis. Quer uma florzinha do amor? Pague. Quer ser agraciado por Deus? Pague. Ei, Deus não é banco e nem suas ajudas funcionam como financiamento. Você não tem que pagar uma porcentagem do seu salário para conseguir que sua vida seja melhor. E nem como forma de agradecimento. Agradeça fazendo o bem aos outros e não bem ao bolso do Bispo. Por que eles tem que cobrar tudo o que fazem? Se Deus é superior a trocados. Se muitas outras igrejas também trabalham muito e não fazem isso?

Não sou contra a igreja evangélica, não sou contra a fé, não sou contra buscar um Deus e sua felicidade. Pois o homem precisa de algo para acreditar. Só sou contra quem tira proveito disso. De quem usa o nome de Deus em vão e de quem usa a fé das pessoas como influência para conseguir dinheiro. Isso realmente irrita.

4 comentários:

PutzGraça!!! disse...

Que Maldadilice. Falando mal assim do bispão macedônico, pode ter efeitos colaterais. A amiga não tem medo de pegar um inferninho espiatório a título de reparação por danos morais? E e, ao invés, juntássemos a blogsfera desvairada e montássemos uma igreja virtual??? Hein, hein!?

Ricardo Chicuta. disse...

As vezes me dá até vontade de acreditar no tal Deus,mas o Bispo me desanima...
Brigadão pelo link.Bjs.

Deise Duarte disse...

Tive que comentar! Pode?

Há um tempo atrás flertei com uma igreja evangélica. O casamento me sairia uma fortuna.
Os evangélicos chamam os fiéis de "noiva" e pelo que eu vi, Deus pede dote.
Fiquei decepcionada sabe? Chamam de oferta, dízimo mas a palavra roubo, cabe bem.

Magalices disse...

Se for para ter um "noivo" assim prefiro ficar solteirona hehehe

Montar uma igreja? Primeiro viro Hippie, se não der certo monto uma igreja sim.

E por nada, posts bons são para ser linkados :D