terça-feira, 14 de abril de 2009

Meio Ambiente - o descaso continua

Preservar a natureza vem sendo uma das ações mundiais mais fortes nos últimos tempos. Afinal de contas, isso significa preservação da vida no planeta Terra. Muitos demoraram para enxergar essa necessidade, mas melhor tarde do que nunca. Só que na contra mão dessa história, o governo de Santa Catarina aprovou um código ambiental polêmico. São leis que vão contra o código ambiental federal aprovadas pelos integrantes da assembléia e sancionada pelo governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) na noite de ontem.

O ministério do meio ambiente já reagiu. Carlos Minc fez fortes declarações sobre o descaso com o meio ambiente demonstrado pelos políticos aqui do estado. Segundo informações veiculadas no Diário Catarinense de hoje, o Ibama vai continuar fiscalizando e respeitando as leis federais. O código estadual vai ser ignorado e quem insistir em segui-lo poderá até ser preso. O ministro também lembrou sobre o desastre de novembro dizendo: "Se tinha um Estado que não podia aprovar essa lei, que é inconstitucional, é Santa Catarina".

CONCORDO, CONCORDO E CONCORDO. Com a lei estadual muitas propriedades irregulares com atividades nas beiras dos rios passaram a regularidade. Esse era um problema grande para o estado. Mas convenhamos: uma lei se adaptar para acabar com a irregularidade não é o caminho certo. Nunca vi isso. Nós temos que nos adaptar a lei e encarar o problema de ter começado tudo errado há tempos atrás. Santa Catarina é um estado rico em belezas naturais e maravilhoso de viver. Temos a ilha da magia, realmente um cantinho especial. Não consigo aceitar que nosso povo não cuide da natureza, nosso principal cartão postal. É hora de começar a trabalhar certo, cuidar do que nos resta para que os efeitos do aquecimento global sejam amenizados e, quem sabe, revertidos. É uma tarefa dificil, é algo demorado e com resultados não visiveis no primeiro momento. Mas é algo que devemos fazer, algo que deve ser entendido e respeitado pelo governo. Chega de irresponsabilidade. Os fatos por si só já não mostraram o resultado de nossa falta de cuidados com o meio ambiente? Tomara que essa lei vergonhosa seja esquecida. Nosso estado não merece isso.

Entendendo melhor...

Na matéria do DC existe uma tabela onde explica as diferenças que existem na lei estadual e da federal.




Um comentário:

Xana disse...

Olá querida , vooltei das minhas mini férias :)
deixo um beijinho

* sabes que se não houvesse interesses e muito dinheiro metido nesse e noutros assuntos o Mundo seria muito mais bonito ;)