domingo, 5 de julho de 2009

Sol e mar

Resolvi mandar o sedentarismo para o beleleu e comecei a caminhar todos os dias por uma hora. Coloco um modelito esportista, pego o mp3, o óculos escuro e vou. Ontem fiz isso, mas resolvi ir caminhar na beira mar norte, avenida super famosa aqui de Floripa. Um apartamento com aquela vista custa uma fortuna. Realmente vale pagar um dinheirão para ver aquela paisagem todos os dias. Eu, particularmente, prefiro algo mais roots. Mas o pôr-do-sol dali é de babar.

Depois de andar por uma hora resolvi descansar. Sentei em um banco e fiquei observando a luz do sol refletindo no mar. A marola deixava o brilho ainda mais lindo, cintilante e fascinante. Para completar o céu azul e pássaros voando baixinho. Nessa hora pensei: "Como é bom viver e como sou feliz por ter essa visão tão linda". Ainda lembrei das pessoas que vivem uma correria louca e não param para observar esses simples momentos da vida. O encontro do mar com o brilho do sol. Um dos momentos onde a vida é pura e maravilhosa.

Para completar estava ouvindo uma música do último álbum do Skank, Sutilmente. A música é poesia pura. Vou postar um vídeo onde o Samuel Rosa faz a versão acústica e ao vivo.

Nenhum comentário: