sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Meu quarto, meu cantinho sossegado no mundo

Quando criança o meu quarto era apenas um espaço onde eu dormia e dividia com a minha irmã. A decoração era conforme o gosto da minha mãe, assim também como a hora de dormir. Oito horas eu tinha que estar deitada. Dizia ela que o motivo era a aula cedinho no outro dia e a quantidade de sono recomendada para as crianças. Depois veio a necessidade de dormir em quarto separado. Eu queria meu lugar e não um onde minha irmã também tinha poder. Aos poucos o cantinho foi sendo só meu. Minha decoração, minhas fotos, minhas coisinhas e o lugar onde eu fugia dos problemas do mundo. Onde eu ficava fazendo planos, pensando nos meninos, estudando, chorando por causa dos meninos, ouvindo pagode dor de cotovelo por causa das dores de cotovelo, onde lia, onde dormia e onde ainda escrevia meus segredos nos diários.

Hoje meu quarto é ainda mais o meu cantinho sossegado no mundo. Ele tem tudo conforme meu gosto. Os móveis, os quadros, a cama, os jogos de cama, as velas, as fotos, minha cadeira de praia e todos os itens decorativos. Quando você divide apartamento com amigaos parece que a importância desse espaço aumenta mais e mais. Existe sala, cozinha, sacada.. mas é no quarto que você fica a maioria do tempo. Ele tem que ter sua cara, boas energias e ser o lugar onde tudo fica tranquilo. Assim é o meu. Já chorei, já sorri, ainda escrevo minhas coisas em um diário, tenho minha mesa de trabalho, imagens dos meus amigos, não escuto mais pagode e também não estou com dor de cotovelo atualmente. Na verdade faz tempo que não sinto isso. O sol me acorda toda manhã e o brilho da lua também aparece por aqui à noite. Meu livros fazem viajar, meus fimes assisto aqui, minha conversas com Deus antes de dormir e o agradecimento por acordar bem também acontecem aqui. Ainda falta uma cor na parede, mais algum enfeite super legal para finalizar a decoração. Mas, sem dúvida, esse é meu cantinho especial.


É assim que ele está...

Um comentário:

Filipe disse...

Nada é mais parceiro do que o quarto da gente, onde compartilhamos todos os sentimentos e emoções que vamos sentindo ao longo da vida.

Gostei desse post.

Bjão =*