quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Você vem sempre aqui?

Sinceramente, por que alguns caras nunca aprendem como chegar numa mulher? Sempre rola aquelas piores: "Você vem sempre aqui?" "O lá em casa!" "Gostosa!" "Você não é daqui né?"Ou tem os piores, aqueles que não falam nada e só vão pegando sabe? Assim não rola. Se for para chegar, que seja com classe. Vamos aos exemplos.

O primeiro, na balada. O cara chega e diz: "Meu amigo perguntou se tu esqueceu a parte de baixo (da roupa) em casa". Duas observações: deve ser gay para não gostar de algo curto pois falando assim era o que parecia, que ele não gostou do modelito. Segundo, perdeu a chance de ficar quieto. A resposta foi a frase "Sim, esqueci de propósito" imendada com um sorrisão e um adeus. Ah, vale lembrar aqueles que ficam atrás de você parecendo uma sombra... isso irrita.

O segundo, na praia. O cara fica meio de longe te olhando, depois resolve jogar frescobol na sua frente, meia hora depois passa do seu lado e fica novamente de longe te observando. Funciona para algumas, mas não para todas.

O terceiro caso, também na praia. Você está cochilando e ouvindo um som, então um cara chega e pergunta: "Oi, desculpa atrapalhar o teu som, mas essa tatuagem ai na costela doeu muito?". "Doeu, mas depois de uma hora e meia parou de doer". Dai ele continua o papo: "Porque quero fazer uma frase e o tatuador diz que dói muito aqui, o cara assustou..." E assim seguiu o diálogo.

Preciso dizer qual foi a melhor abordagem? Papos inteligentes sempre rendem, mesmo que uma amizade ou uma boa conversa na beira mar. O final de semana está chegando, então fica a dica.

Nenhum comentário: