quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Quarta do sofá: Ele não ligou no dia seguinte...

... seria esse o tradicional comportamento masculino depois de conhecer alguém na balada, no barzinho ou em qualquer outro lugar. É um ritual clássico: pega o telefone da mulher e diz a tradicional frase "te ligo amanhã". Por que? Velha estratégia masculina que pode ser analisada assim: ele realmente vai te ligar, mas vai esperar um tempinho pra isso. Ele só disse porquê sempre diz ou disse porque vai pensar se você vale mais a pena do que a morena que ficou na quinta-feira, a ruiva da quarta ou a loira que ele anda ficando faz um tempinho. Mas uma coisa é fato, alguns já sacaram que mostrar interesse demais também não dá certo. Sim, é chato você conhecer um cara e ele começar a ligar toda hora. O motivo? Quando a esmola é demais o santo desconfia. E isso só acontece quando o carinha não faz muito seu tipo. Velha lei de Murphy. Sem falar que não somos muito acostumadas com tanto interesse assim e quando o cara liga tanto até achamos estranho. Mas o pior são aqueles que mostram muito interesse, você vai deixando rolar a situação e começa a entrar no clima. Depois de um tempo ele para e diz: estamos indo rápido demais. Ei, espera aí só fui no mesmo ritmo que você. Sim, essa fase inicial da conquista é meio complicada.

Mas nós mulheres estamos mais seletivas e também menos românticas... será? O autor do texto "Trocando as bolas: um elogio aos homens que não ligam no dia seguinte" defende a teoria que está havendo uma inversão de papéis. Enquanto as mulheres passam a agir mais racionalmente (e sacanas como algunas homens) os homens tornaram-se mais emocionais (e bobos como algumas mulheres). Quem disse que a mulher realmente espera a ligação do dia seguinte? Em alguns casos ela foge dela. Hoje temos mais objetivos além do encontrar o príncipe encantado, o qual sabemos que não existe. Estamos mais difíceis? Não acho. Por que no fundo ainda somos mulheres e queremos carinho, parceria e amor. Mas, estamos mais seletivas. E algumas vezes temos aversão a relacionamentos. Principalmente quando saímos de um que não acabou muito bem. Sim, coração machucado deixa a mulher meio sacana. Se um homem encontrar alguma por aí assim, cuidado.

Também continuamos a busca por igualdade e liberdade feminina. E muitas vezes isso se confunde com o comportamente masculino. Ser igual é ter comportamento igual. Ser livre é poder fazer o que o homem faz. O que não concordo muito, mas muitas sim. O que acontece então? Muitas mulheres se tornaram homens de saia. Só que mais sexys, independentes e poderosas. Isso até assusta. Mas em alguns casos, por trás disso tudo existem as mulheres de sempre. Acho que estamos usando uma máscara, uma camuflagem necessária para que a mulher consiga ser a tal mulher maravilha. Para que ela consiga ser uma ótima profissional, uma mãe, uma mulher, uma amante e ainda ter tempo de cuidar de si mesma. Difícil né?

Nenhum comentário: