quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Quarta-feira do sofá: o medo de amar

Hoje ouvi algo assim dito por um menino: "Fico no máximo, três ou quatro vezes". Uma menina então perguntou: "Por que isso?" E ele respondeu: "Digamos que tenho uma rede e o mar está cheio de peixe."

Isso é fato, opções para ficar não faltam. Aproveitar balada, alguns momentos, uma noite de conchinha e deu. Pessoas disponíveis para isso existem, e muitas. Agora as mulheres também entraram na onda. Então quando dois não querem, não rola paixão. Fica, aproveita e aplica o desapego. Confesso que ao ouvir isso pensei: "Esse tem medo de amar". Talvez não tenha, pode estar só aproveitando a vida até encontrar alguém que realmente faça ele largar a rede e dar atenção só para um peixe.

Para completar, todo esse assunto fez eu lembrar do filme Minhas adoravéis ex-namoradas. Connor Mead (McConaughey) sofre dessa síndrome resultante de uma dor de cotovelo na adolescência. Aprendeu a ser o solteirão convicto, que ama mulheres e a liberdade, com seu tio. Mas às vésperas do casamento do seu irmão alguns fantasmas aparecem e fazem a estória mudar. Repara no trailler.

Nenhum comentário: