segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Viva a sua criança

Já faz tempo que não ganho presente nessa data. Dia da Criança virou um feriadão e sinônimo de me mandar para alguma praia desse litoral para aproveitar. Nesse ano não fiz nada disso.

A data também me faz relembrar do que já aprontei quando era criança e como crescer faz a gente ficar meio sem graça. Sério demais, sabe? Com medo de falar besteira, com medo de viajar nos sonhos, com medo de brincar e com medo de sei lá mais o que. Quando pequena decidi não deixar isso acontecer. Lembro dessa minha promessa sempre, que decidi não deixar de ser criança nunca. Manter a liberdade de ser o que quero, de dizer o que quero e poder brincar. Falar besteira, rir das desgraças e sempre encontrar algo positivo em tudo. Já viu criança ficar triste? Basta lembrar que existe outra brincadeira e ela já esquece o tombo que levou. Não liga tanto para alguns problemas da vida e nem tem medo de encarar muita coisa.

Acho a vida realmente maravilhosa. Quando a criança começa a ficar apagada dentro do ser humano surgem os filhos. E você volta a ser criança na marra. Tem que brincar com o filho, entrar no seu mundo. Quando essa fase passa e você volta a ser um adulto chato surgem os netos. E a criança interior volta com mais força ainda. Mas por que ela tem que ficar adormecida? Se ser criança é uma das coisas mais legais. Simborá rir do nada, aproveitar a natureza, brincar e ser feliz. Claro, sem esquecer que as responsabilidades existem. Mas ser criança não significa ser irresponsável. Significa ser feliz :D.

Feliz dia das Crianças. Iupi!!!

Nenhum comentário: