segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Surfista por um dia

Uma das coisas que eu sempre desejei fazer era surfar. Parece ser tão divertido. Sem falar que tem todo um ritual e é uma conexão legal com o meio ambiente. Além do esporte, um estilo de vida. E para completar amo ficar na praia. Fiz isso no final de semana. Aproveitei a idéia de colocar mais esporte no programa que produzo e larguei a idéia de fazer uma matéria sobre o surfe. Como produtora tem que participar fui fazer a aula também, malandrassa. Teoria linda, mas a prática... Concluí: não tenho a paciência necessária para buscar o equilíbrio em cima da onda. Sim, surfar requer paciência e por aqui a ansiedade impera. Mesmo assim consegui ficar em pé, repara na foto aí.

Momento Magalices surfistona. Foto: Vanessa Lima

Como não ficar em cima da prancha quando ela é praticamente uma porta? Até meu pai conseguiria (é isso ai Virsola!) Acho que o bodyboard é mais adequado para a pessoa aqui. Também requer paciência, mas parece ser mais fácil. Sem falar que exercita os membros inferiores. Isso significa: perna e bumbum. Preciso exercitar essa parte (risos).

Enfim, fiquei dolorida o final de semana todo. Mas é muito divertido. Recomendo principalmente para quem tem paciência. Falando nela, a tal paciência, acho que preciso praticar ioga...

2 comentários:

Filipe disse...

Joelho todo vermelho... é, dá para enteder pq ficasse toda dolorida rsssss

e tiro o chapéu pra vc, viu? um dos motivos que me afasta destes tipos de aula é pra não pagar o micão =/

Samanta disse...

maguinha, ambas sabemos as verdadeiras razões para vc desejar praticar o esporte,né?
e, evidentemente, não é por causa dos exercícios localizados e nem pelo fato de o esporte parecer diver.
uhauhauhaahuhuahuauhaauh
figuraaaa!
mas, parabéns pela reportagem.
valeu pelas risadas.
beijocas.