sexta-feira, 28 de maio de 2010

Poesias e desabafos em Marionetes do Tempo

Foto: arquivo pessoal

Ela tem 16 anos, uma vida cheia de dramas na infância mas que teve uma volta por cima bem legal; e um livro de poesias cheio de reflexões. Jéssica Bertotti escreveu 50 poesias em Marionetes do Tempo, seu primeiro livro. Vale dizer que a mocinha já tem outros três livros prontinhos para publicar. Em Marionetes ela fala sobre amor, sobre as dúvidas na adolescência, os conflitos com a família biológica e as falhas e acertos da sociedade. Jéssica participou do Na Pilha de hoje, e na conversa com a Jô e o Padilha ela disse que o livro foi escrito com uma linguagem simples para que todo jovem possa compreender o que ela quer passar com os poemas. Os textos geralmente são escritos a noite, ela gosta de parar e analisar como foi seu dia.

Hoje Jéssica mora em Tijucas, grande Florianópolis. Mas ela nasceu em Ponta Grossa, no Paraná. Ainda pequena veio para Santa Catarina. Sua mãe era esquizofrênica, seu vô violento e sua vó afetada por tudo isso. Tudo mudou quando foi adotada por Adair e Roselli Bertotti. A poesia foi a alternativa encontrada de reflexão e uma forma de entender a vida.

Fica a dica:
O Marionetes do Tempo você encontra na Saraiva do Shopping Iguatemi, em Florianópolis. Os textos da Jéssica também podem ser lidos no www.jessicabertotti.blogspot.com. Boa leitura.

Um comentário:

Alexandre disse...

Achei muito interessante o tema, parabéns por conseguir sucesso. Vou procurar o livro pra ler também. Bjs