segunda-feira, 4 de abril de 2011

Tenho medo de Casório?!, mas li o livro

Um dos livros que li nas férias foi o Casório?! de Marian Keys. Esse livro foi uma dica que dei para minha irmã por causa do título, já que ela vai casar esse ano. Compramos juntas numa ida à livraria na época do natal (é faz tempo). Minha irmã começou a ler, mas não gostou do estilo de narração um tanto lento da escritora. Peguei emprestado e percebi que aquele livro deveria ser lido por mim.


Lucy é uma morena com quase 30 anos e a personagem principal da história. Ela tem tendência a se interessar por caras errados e pavor de casamento. Suas colegas de trabalho decidiram ir numa cartomante e a carregaram junto. Lucy ficou maluca quando um casamento apareceu na sua "sorte". O problema é que a guria nem namorado tem.

Essa não é a cartomante, é meu pai dando as cartas para uma partida de canastra.

Por não acreditar muito na previsão ela seguiu sua vida tranquilamente até aparecer Gus. Um cara que tinha todas as características que ela amava: meio maluco, impulsivo, desajeitado, lindo e que fazia ela rir. Todas as previsões feitas para as suas colegas de trabalho aconteceram. Só faltava acontecer a dela. O namoro com Gus continuava firme e forte até ele sumir pela primeira vez. Depois de um tempo ele voltou do nada. Lucy perdoou e continuou achando Gus o cara ideal mesmo sem saber onde ele morava e sem saber seu número de celular. Um dia ele sumiu outra vez, mas naquele momento Lucy encontrou algo mais preocupante para ocupar sua mente. Teve que cuidar do pai depois dele ter sido "abandonado" pela mãe. Lucy sempre achou seu pai animado e não concordou com a separação dos pais depois de tanto tempo de casamento. Mas sua mãe era a chata da história mesmo e ela quis provar que poderia cuidar desse cara que ela amava tanto. Depois de ir morar com ele, e mudar totalmente sua vida, ela descobriu o porquê de sua mãe não ter mais aguentado: o alcoolismo.

Nessa hora caiu a ficha para Lucy. Ela se interessava por caras parecidos com seu pai (Freud explica) e todos eram tão irresponsáveis quanto. Perdia tempo com homens errados. Eu não citei um cara que estava ao lado dela durante todo o livro. Daniel era o melhor amigo de Lucy, totalmente diferente dos caras que ela estava acostumada a ficar e o cara que foi o responsável pela confirmação da previsão da cartomante.

Tire suas próprias conclusões e, se puder (e quiser), leia o livro. Quem disse que esses livros considerados bobos não ensinam nada?

Um comentário:

Xana disse...

Gostei do teu comentário sobre a cartomante da foto , hehehehehe