sábado, 7 de julho de 2012

Cecília e eu

Cecília tem sido minha companheira nos últimos dias. Companheira de praia, companheira de fila, companheira antes de dormir. Ela é interessante. Chamou minha atenção com a frase: Escolha o Seu Sonho. Confesso que ela me enganou um pouco. Afinal de contas não encontrei muitos sonhos em sua companhia. Não os sonhos que imaginava. E acho que até foi bom, detesto livro de autoajuda. Consegui ler poucos nessa vida. Agora Cecília Meireles é a responsável pelo primeiro livro de crônicas que leio.


Como escrevi no parágrafo acima, não encontrei sonhos no livro de Cecília. Apenas fatos do dia a dia, coisas do cotidiano, histórias verídicas ou não. Seriam sonhos da escritora? Ou os sonhos estão ali, escondidos nos fatos simples da vida. Não sei, só sei que estou adorando passar esses dias com Cecília. O curioso é que o livro foi lançado em 1964 e muitas coisas ali escritas continuam iguais. É, existem coisas que o tempo não muda. 


PS.: estava com saudade de escrever aqui.
PS1.: poucas coisas mudaram desde do último texto ali.
PS2.: preciso que coisas mudem o mais rápido possível... ou pelo menos até o fim de julho.
PS3.: boa sorte pra nós. 



Nenhum comentário: