quinta-feira, 2 de maio de 2013

A tempestade


Uma pausa. Sim, um tempo. Um momento de introspecção. Para, pensa, muda, volta... algo assim. Uma confusão tremenda. Uma crise já anunciada. Pensamentos, choros, voltas por cima. Um adeus, um até logo, um oi. Uma música nova, um filme diferente, vários livros. Fotos bonitas, fotos com foco e sem foco. Imagens, um diário, um momento. Uma descoberta, um encontro, um recomeço.

Posso ficar aqui procurando palavras para explicar o ano que passou. Foi preciso se perder para encontrar. Foi preciso sofrer para mudar. Foi preciso tanta coisa. Nossa, e foi preciso viu. A tempestade foi forte. Ela poderia ter rendido muitos textos por aqui, ah poderia sim. Mas o momento era  meu e muito meu. Daquele em que você precisa estar com você e só. Agora a tempestade está no fim, o céu está quase limpo por aqui. Ainda existe confusão, algumas dúvidas, novas certezas surgindo e um pouco de insegurança. O vento passou, revirou tudo e fez as coisas ficarem, em fim, no seu lugar. Ainda vai levar um tempo para tudo voltar ao "normal". A única certeza é: ainda bem que a tempestade veio. 

Nenhum comentário: