domingo, 1 de julho de 2007

Dúvido você não bocejar ao olhar essa foto:



É mesmo, bocejar é contagioso. Quem afirma é a neurocientista Suzana Herculano-Houzel. Ela explica isso no livro "Por que o bocejo é contagioso?", publicado pela Editora Zahar. Mas sabe porque ele é contagioso? Porque nós somos seres imitadores! O ser humano é um verdadeiro macaco-de-imitação, garante Suzana. Temos a tendência de imitar tudo, mas algumas coisas a gente consegue segurar, já o bocejo é impossível. O máximo que conseguimos é não abrir a boca, e fazer uma careta equisitinha. "Isso é uma característica básica do funcionamento do cérebro importante para o aprendizado e que também serve de base para a empatia", explica a cientista.

A neurocientista também explica no livro outras coisas que acontecem com no cotidiano, curte só:
Por que ficamos arrepiados quando sentimos frio?

Ao longo da evolução, o homem perdeu boa parte dos pêlos que recobriam seu corpo. Mas o sistema neuronal responsável por eriçar os pêlos dos ancestrais bem mais peludos permaneceu intacto. Esse mecanismo, comum em animais com pêlos e também nos que têm penas, serve para proteger do frio uma vez que ajuda a reter o calor produzido pelo corpo.
Ps.: será que tem a explicação do arrepio por outro motivo? hihihi

Por que espirramos?

O espirro serve para livrar o corpo de sujeiras que irritam o interior do nariz e dos pulmões. É o cérebro que controla essa reação involuntária do organismo. Ao perceber poeira, fumaça ou qualquer outro corpo estranho, ele interrompe a respiração normal, provoca uma inspiração profunda e empurra todo o ar para fora. Como explica o livro de Suzana, o espirro sai do corpo a uma velocidade que pode chegar a 150 quilômetros por hora, levando, de roldão, todas as impurezas.

Por que bocejamos quando temos sono?

Bocejar é um esforço do cérebro para se manter acordado. Um recurso último para elevar a disponibilidade de dopamina, uma substância necessária à motivação. Mas a oxigenação insuficiente do sangue também provoca os bocejos. Ao abrir a boca, causando uma inspiração profunda, o nível de oxigênio é restaurado.

Por que temos soluços?

No cérebro, existe uma espécie de "central geradora de padrões rítmicos" que comanda e coordena a respiração. Ocasionalmente, no entanto, ocorrem falhas nesses padrões, que geram os soluços. Irritações no esôfago (provocadas por muito álcool, bebidas gasosas ou ingestão rápida de alimentos) costumam provocar o desvio do padrão respiratório. Beber água (em qualquer posição), um pouco de vinagre ou ingerir uma colher de açúcar ajuda a recuperar o ritmo respiratório normal. Mas fazer sexo até atingir o orgasmo também, garante o livro.
Ps.: Essa da água não dá certo, vinagre nem vem que não bebo, açúcar é legal, agora sexo? Nunca tentei essa técnica contra o soluço. Boa sugestão heim dôtora!
Qual a função da coceira?

Ela é um aviso de que o corpo entrou em contato com uma substância estranha, potencialmente nociva, como certas plantas ou a saliva de insetos. Nessas circunstâncias, o corpo libera uma substância chamada histamina, que leva células de defesa ao local afetado. Essa substância provoca coceira.
Ps.: Falar que alguém tem piolho também dá coceira. Mas é por que somo imitões.
Por que pensar cansa?

Depois de algumas horas de atividade intelectual intensa, o cérebro cansa. A fadiga mental está relacionada ao acúmulo de uma determinada molécula liberada por células cerebrais em locais de grande atividade neuronal. A adenosina é usada pelos neurônios para passar informação adiante. Por isso, quanto mais intensa a atividade no cérebro, mais adenosina é liberada. O acúmulo dessa substância ao redor das células acaba por limitar a capacidade dos neurônios de processar informação. Mas essa fadiga é limitada ao circuito cerebral que está sendo requisitado. Mudar de atividade resolve o problema. E quando todos os circuitos estão esgotados, o remédio é dormir.
Ps.: aixi pensar cansa mesmo. tenho que parar de pensar demais, vou usar essa desculpa pra fugir do trabalho :P

Por que dormimos todos os dias?

A sonolência vem do acúmulo de adenosina, produzida pelo funcionamento dos neurônios. Durante o sono, esse excesso de adenosina fabricado pelas atividades cotidianas é removido, deixando a pessoa recuperada para mais um dia.
Ps.: Outra coisa que descobri assistindo uns programas legais de TV: dormir demais envelhece, dormir pouco também. Meninas fiquem atentas: o ideal é dormir entre sete ou oito horas.

Por que mentir é difícil?

Mentir dá trabalho extra ao cérebro. Isso ocorre porque, para produzir uma mentira, é preciso ativar diversas regiões cerebrais dispensáveis na hora de falar a verdade. Para a mentira ser convincente, é necessário controlar o impulso natural de dizer a verdade, criar uma história falsa e, ao mesmo tempo, cuidar para não tropeçar em nenhum detalhe. Por uma razão semelhante, é difícil guardar um segredo. Diferentes áreas do cérebro são acionadas para lembrar que o assunto é proibido e também para monitorar as palavras ditas, impedindo a revelação do fato.
Ps.: tem gente que mente com tanta facilidade! Em Brasília mesmo, ninguém tem problema em mentir.